Rolling Stones fazem show para 20 mil fãs em Londres

Londres – Os Rolling Stones levaram ao delírio cerca de 20 mil fãs neste domingo em Londres, em um show que marcou a volta da banda aos palcos após cinco anos de ausência.

Os Stones, cujos componentes beiram os 70 anos, conseguiram abarrotar o pavilhão O2 Arena de Londres no começo da miniturnê “50 And Counting” que os levará em dezembro a Nova York e que criou uma enorme expectativa ao coincidir com o 50º aniversário da banda.

Devido a tão importante comemoração, a noite começou com um vídeo que incluía os testemunhos de alguns de seus fãs como Elton John, Nick Cave, Pete Townshend e Iggy Pop.

Os fãs que foram à capital britânica vindos de todas as partes do mundo puderam ver mais uma vez no palco – que tinha uma enorme passarela circular e dominado por grandes lábios que mudavam de cor – Mick Jagger, Ronnie Wood, Keith Richards e Charlie Watts, acompanhados de maneira excepcional por Bill Wyman e Mick Taylor.

A presença destes dois ex-integrantes da banda deu à noite um caráter excepcional, já que foi a primeira vez em duas décadas que tocaram juntos em um show todos seus membros.

Mas a noite, que muitos consideravam como o acontecimento musical do ano, também teve surpresas e a “suas satânicas majestades” se uniu no espetacular palco a cantora americana de R&B Mary J.Blige e juntos interpretaram “Gimme Shelter”.

Também participou da grande festa um velho conhecido do grupo, o lendário guitarrista britânico Jeff Beck, que os acompanhou com “I’m Going Down”.

No espetáculo os Stones começaram com “Wanna Be Your Man” e repassaram seus grandes clássicos como “(I Can’t Get No) Satisfaction”, “Sympathy For the Devil” e “Start Me Up”, enchendo o pavilhão do mais puro rock durante duas horas e meia.

Além disso, a banda tocou o material novo incluindo “GRRR!:, “Doom And Gloom” e “One More Shot”.

Apesar da enorme expectativa e as poucas datas programadas os organizadores não conseguiram vender todas as entradas e horas antes do show algumas páginas da internet ainda ofereciam ingressos.

No entanto, os Stones, que este ano completaram 50 anos de carreira, voltaram a demonstrar em Londres para um público de todas as idades e completamente entregue que são roqueiros incansáveis.

Fonte: UOL Música

Coldplay anuncia dois shows no Brasil em fevereiro

A banda Coldplay anunciou dois shows no Brasil em fevereiro de 2013. Em São Paulo, a apresentação será em 5/2, no estádio do Morumbi. Em Porto Alegre, os fãs poderão curtir o grupo em 7/2, no estádio Zequinha.

A venda de ingressos começa à 0h do dia 21 de novembro, pelo site http://www.ticketsforfun.com.br.

Os shows fazem parte da turnê do disco “Mylo Xyloto”. Formado em 1996, o grupo Coldplay já vendeu mais de 55 milhões de cópias de seus álbuns em todo o mundo.

Fonte: Guia Folha

Rolling Stones revelam possível repertório dos quatro shows comemorativos

Os Rolling Stones deram uma pequena dica do que pode ser o roteiro para os históricos shows que comemoram os 50 anos da banda, marcados para novembro, em Londres, e dezembro, em Nova Jersey.

Foi publicada uma foto no Twitter oficial da banda com uma lista de 23 músicas escritas numa folha de papel. O número é maior do que quando a banda se reuniu para shows pela última vez, quando executou 19 faixas, na mesma O2 Arena, na Inglaterra, em 2007.

A lista traz os grandes sucessos e hits praticamente imprescindíveis em um show dos Stones, como “Honky Tonk Woman”, “Start Me Up”, “Wild Horses”, “You Can’t Always Get What You Want” e “Paint It Black”.

A banda, até a última segunda, 15, mantinha mistério sobre uma possível reunião para comemorar as cinco décadas de grupo. Apenas quatro shows foram anunciados (dois em cada cidade), mas o guitarrista Keith Richards já indicou que novas datas devem ser anunciadas.

“Eu não ficaria surpreso”, disse o guitarrista à BBC, quando questionado se haveria a possibilidade de mais apresentações. “Ninguém falou isso ainda, mas não acho que essa banda vai fazer tudo isso só para quatro shows. Eu acho que eles vão querer fazer algo no fim do ano, acho que também no início do próximo.”

Veja a foto aqui e leia abaixo a lista publicada pela banda:

“She’s So Cold”
“You Got Me Rocking”
“All Down The Line”
“Respectable”
“Tumbling Dice”
“Honky Tonk Woman”
“Beast Of Burden”
“Wild Horses”
“You Can’t Always Get What You Want”
“It’s All Over Now”
“Lady Jane”
“Route 66”
“Little Red Rooster”
“Miss You”
“Not Fade Away”
“She’s So Cold”
“Start Me Up”
“Sweet Virginia”
“Worried About You”
“Paint It Black”
“The Last Time”
“Ruby Tuesday”
“Midnight Rambler”

Fonte: Rolling Stone Brasil

Maná confirma quatro shows no Brasil em outubro e novembro

Quase um ano depois, o Maná voltará ao Brasil para quatro apresentações em capitais brasileiras. O grupo de pop rock mexicano passará por Rio de Janeiro (23/10), São Paulo (26/10), Belo Horizonte (28/10) e Porto Alegre (1/11).

Clientes dos cartões Citi, Credicard e Diners poderão adquirir os ingressos da pré-venda entre os dias 11 e 17 de setembro no Rio e em São Paulo. Nesses dois lugares, a venda normal se iniciará no dia 18. Para os fãs de Belo Horizonte e Porto Alegre, os bilhetes poderão ser comprados pelo público em geral já no dia 11 de setembro.

A banda liderada pelo cabeludo Fher Olvera esteve por aqui em 2008 e voltou em 2011, na turnê do disco Drama Y Luz, para uma apresentação no Rock in Rio (leia aqui) na noite fechada pelo grupo inglês Coldplay.

Embalados por músicas nas telenovelas, os mexicanos conseguiram fazer algum sucesso no Brasil, abusando de letras com forte apelo romântico e dramático, como “Corazón Espinado”, “Vivir Sin Aire” e “Labios Compartidos”.

Rio de Janeiro
Dia 23 de outubro, às 21h30
Citibank Hall – Av. Ayrton Senna, 3.000 – Shopping Via Parque – Barra da Tijuca
Informações: 4003-5588
Preços: De R$ 180 a R$ 400
Vendas: Na bilheteria ou no site http://www.ticketsforfun.com.br

São Paulo
Dia 26 de outubro, às 22h
Credicard Hall – Av. das Nações Unidas, 17.955 – Santo Amaro
Informações: 4003-5588
Preços: De R$ 80 a R$ 450
Vendas: Na bilheteria ou no site http://www.ticketsforfun.com.br

Belo Horizonte
Dia 28 de outubro, às 20h
Chevrolet Hall – Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 – Savassi
Informações: 4003-5588
Preços: De R$ 80 a R$ 200
Vendas: Na bilheteria ou no site http://www.ticketsforfun.com.br

Porto Alegre
1o de novembro, às 22h
Pepsi On Stage – Av. Severo Dulius, 1995 – São João
Informações: 4003-5588
Preços: De R$ 140 a R$ 200
Vendas: Multisom (Rua dos Andradas, 1001 – Centro) ou no site site http://www.ticketsforfun.com.br

Fonte: Rolling Stone Brasil

Roger Waters é o campeão de bilheterias em shows no 1º semestre do ano 10

por Ronald Grover

Roger Waters durante turnê "The Wall Live" em São Paulo

Os shows da turnê “The Wall Live”, do ex-Pink Floyd Roger Waters, faturaram US$ 158,1 milhões nas bilheterias do mundo todo no primeiro semestre deste ano, superando as apresentações de Bruce Springsteen e Madonna, eternos líderes desse ranking.

Waters, que gravou com sua antiga banda do clássico disco “The Wall”, na década de 1970, atraiu mais de 1,4 milhão de pessoas aos seus shows neste ano, segundo a “Pollstar”, que monitora essas cifras.

A turnê “Wrecking Ball”, de Springsteen, que começou em março, ficou num distante segundo lugar, com US$ 79,9 milhões em ingressos vendidos.

Lady Gaga, Coldplay, Madonna e Paul McCartney também estão subindo aos palcos neste ano, contribuindo para uma alta de 1,2% nas vendas de ingressos para os cem maiores shows realizados nos Estados Unidos. Somados, esses espetáculos venderam 18,6 milhões de ingressos, num valor de US$ 1,1 bilhão.

Refletindo a crise econômica nos Estados Unidos, o preço médio dos ingressos caiu de 67,02 para 60,68 dólares, menor valor desde 2007.

O espetáculo mais rentável nos EUA foi o musical “Michael Jackson: The Immortal”, do Cirque du Soleil, que faturou US$ 78,5 milhões. Waters ficou em segundo nesse mercado, com US$ 61,9 milhões.

A “Pollstar” disse que Springsteen tem tudo para fechar o ano na liderança mundial do seu ranking, pois a turnê “The Wall Live” já está para terminar, enquanto a “Wrecking Ball” vai se prolongar. Madonna corre por fora, pois ainda não levou sua atual turnê à América do Norte.

Fonte: Uol

Van Halen anuncia novo álbum e datas da turnê americana

RIO – Após um show especial, para apenas 250 pessoas, o Van Halen anunciou nesta quinta-feira as datas da turnê americana de divulgação do álbum “A different kind of truth”, que será lançado no dia 7 de fevereiro. A turnê começa no dia 18 de fevereiro e vai até 26 de junho. O primeiro single, “Tattoo”, devidamente acompanhado de um clipe, estará disponível no próximo dia 10.

“A Different Kind of Truth” é o primeiro disco de inéditas do Van Halen com David Lee Roth nos vocais em 27 anos. A formação atual da banda conta com Lee Roth, os irmãos Eddie (guitarra) e Alex Van Halen (bateria) e Wolfgang Van Halen, filho de Eddie, no baixo.

O show de quinta-feira, no Café Wah?, em Nova York, durou cerca de 45 minutos e foi a primeira apresentação do grupo desde 2008. Nenhuma música nova foi tocada no show, que contou com repertório de clássicos do grupo, como “Jump”, “Hot for teacher”, “Eruption” e “Running with the devil”.

Fonte: O Globo

U2 fecha ano de 2011 com maior faturamento em shows

Liderada por Bono, banda irlandesa superou nomes fortes como Bon Jovi e Take That. Foto: Ian Gavan/Getty ImagesO U2 foi a banda que mais faturou com shows em 2011. A turnê 360º arrecadou mais de R$ 520 milhões em 44 apresentações assistidas por cerca de três milhões de pessoas no mundo inteiro. As informações são do The Sun.

Campeão na categoria no ano passado, Bon Jovi caiu para o segundo lugar na lista da Billboardneste ano. O astro arrecadaou aproximadamente R$ 350 milhões em 68 shows com sua banda.

Já o Take That ficou em terceiro lugar, com uma turnê que contou com a pariticipação de Robbie Williams, pela primeira vez com a banda após 15 anos se dedicando somente à sua bem-sucedida carreira solo. Os lucros dos britânicos chegaram a R$ 340 milhões.

Uma das supresas da lista foi o violinista holandês Andre Rieu, onipresente em comerciais na televisão atualmente, que ficou em nono lugar. Ele se apresenta em São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera, em 2012.

Fonte: Terra

Turnê de João Gilberto em SP e RJ é adiada

Por motivos de saúde, a turnê do cantor João Gilberto “80 anos. Uma vida Bossa Nova” foi adiada. Ele está com uma forte gripe, segundo informações da assessoria de imprensa da turnê. Segundo Jorge Jamile, médico do artista, não há motivo para alarde, mas ele precisará de repouso.

A temporada de shows terá início em 9 de dezembro em Salvador e, posteriormente, seguirá para Rio de Janeiro e São Paulo. A assessoria, porém, ainda não divulgou as novas datas para essas cidades. Por conta do final do ano, Brasília e Porto Alegre não terão disponibilidade de receber as apresentações ainda em 2011. Segundo a assessoria, até o final do dia de hoje serão comunicadas mais informações e as novas datas para os shows do Rio de Janeiro e São Paulo.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Chico Buarque anuncia turnê nacional

Chico Buarque anunciou, por meio de sua assessoria, que fará turnê nacional para divulgar seu novo disco ainda neste ano. As capitais de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Parané e Minas Gerais serão as primeiras a receber os shows do cantor, que não se apresenta desde o lançamento do disco Carioca, em 2006.

A turnê do álbum Chico, lançado em julho, começa em Belo Horizonte, dos dias 5 a 8 de novembro. O cantor segue então para Porto Alegre, com shows nos dias 28 e 29 do mesmo mês. Em dezembro, Chico Buarque canta em Curitiba, de 15 a 18. Rio de Janeiro e São Paulo recebem as apresentações apenas no ano que vem, de 5 a 29 de janeiro e de 1 a 25 de março, respectivamente.

Outras cidades, ainda indefinidas, devem fazem parte da turnê.

As notícias sobre a turnê, como datas, período de vendas de ingressos e locais das apresentações, serão divulgadas no site oficial de Chico Buarque, o chicobastidores.com.br, canal em que o cantor fala sobre os shows que fará pelo Brasil em vídeo divulgado nesta quarta-feira, 12.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Deep Purple volta ao Brasil pela quarta vez em seis anos

por Augusto Gomes

“Nós gostamos de tocar em qualquer lugar. Mas o Brasil é especial”. A frase é de Ian Gillan, 66 anos, vocalista do Deep Purple. Nos últimos seis anos, a banda se apresentou no Brasil em quatro oportunidades. “Tudo isso? Nossa, como o tempo passa!”, disse ao iG de Belém. O grupo deu a largada na turnê na terça-feira, na capital paraense.

Para Gillan, uma das melhores coisas do Brasil é o otimismo. “Sei que o país, como qualquer lugar, tem problemas. Mas vocês têm uma atitude otimista para lidar com eles e isso é contagiante. Além disso, enquanto o mundo inteiro está em crise, vocês estão indo bem. Sempre que vou ao Brasil, me divirto bastante.”

A visita mais divertida ao país, no entanto, não foi com o Deep Purple. “Lembro de uma vez em que cantei no Brasil com o Repo Depo, uma banda que formei em uma das vezes em que fui despedido do Deep Purple”, ri. “Foi no final dos anos 1980 ou começo dos anos 1990. Foi diferente, porque era uma equipe pequena, oito pessoas juntando todo mundo. Tocamos em lugares menores, tivemos tempo para nos divertirmos. Foi ótimo.”

Desta vez, a estrutura é bem diferente. O Deep Purple ainda vai tocar em mais cinco cidades: Fortaleza (7/10), Campinas (8/10), São Paulo (10/10), Belo Horizonte (11/10) e Curitiba (12/10). Todas as apresentações serão em locais bem grandes. “O segredo é manter o clima intimista. Tentar transformar os locais maiores em pequenos”, explica.

O repertório da atual turnê traz alguns dos maiores clássicos da banda, como “Smoke on the Water” e “Highway Star”. Nas apresentações na América do Norte e na Europa, o grupo tocou acompanhado de uma orquestra. “Mas no Brasil seremos só nós. Um show normal do Deep Purple. Não teríamos como levar 40 músicos”, diz Gillan.

No final deste ano, a apresentação realizada no dia 16 de julho será lançada em DVD. Esse show aconteceu justamente no famoso Festival de Montreux, na Suíça. O Deep Purple não só já tocou várias vezes no evento como o citou na letra de sua música mais famosa, “Smoke on the Water”. “Ainda não vi como ficou o DVD. Mas o show foi ótimo.”

Por enquanto, esse é o único lançamento previsto da banda. “Nós nunca fazemos planos. Os discos simplesmente acontecem”, explica. “Acho que o único álbum planejado foi o ‘In Rock’, de 1970. E mesmo assim, só um pouco.”

“Outro problema é que fazemos tantos shows que, quando acaba uma turnê, só queremos saber de tirar férias”, conta. “Além disso, nós nunca conversamos sobre música. Nossas conversas envolvem carros, cachorros, cerveja.”

Quem for a uma das apresentações da banda no Brasil deve ficar atento a uma das primeiras canções tocadas, “Maybe I’m a Leo”. “Ultimamente, é a música que mais gosto de cantar”, revela Gillan. Trata-se de uma das faixas do clássico disco “Machine Head”, de 1972. “Só agora a banda aprendeu a tocar direito. Antes era muito rápido. Agora está no ritmo certo”, diverte-se.

FOnte: IG

Entradas Mais Antigas Anteriores

Blog Stats

  • 167.125 hits