Sobre “Elis, a musical”

Eu era muito pequena, mas lembro do aparelho 3 em 1 com dial iluminado tocando Elis Regina e minha mãe cantarolando pela casa. Cresci admirada pela entrega, por toda emoção que aquela mulher conseguia carregar na voz. Quando me profissionalizei como cantora, foi inevitável que Elis se tornasse minha maior inspiração. Assim, também foi inevitável que o musical sobre Elis fosse tão esperado por mim, até porque não tive a oportunidade de ouví-la cantar ao vivo (sortudos dos meus avós, que viram um show da turnê Falso Brilhante).

Uma semana após a estreia da peça em São Paulo, lá estava eu, acompanhada da minha irmã (atriz nata), ambas com frio na barriga na platéia do Teatro Alfa. Já vi uma imensa quantidade de vídeos da Elis, muitos deles remontados ali no palco do teatro. A interpretação de Laila Garin é impressionante, o timbre se aproxima absurdamente ao da Elis. Claudio Lins e Tuca Andrada como César Camargo Mariano e Ronaldo Bôscoli, respectivamente, atuaram lindamente. Cabe ressaltar que a orquestra também deu um show! Fora estes destaques, o musical soou superficial e minha irmã, que esperava conhecer melhor a história desta grande intérprete, saiu frustrada, já que a colagem de números musicais não conta claramente a trajetória da Pimentinha.

Ficou a impressão de que faltava uma narrativa que conectasse as cenas e canções, uma voz em off que contextualizasse ou elementos de dessem unicidade a tudo. As coreografias pareceram um pouco caricatas, o palco parecia meio vazio e a cenografia também ficou aquém do esperado para um espetáculo desse porte. Além de algumas “forçadas de barra” como quando uma moça imita de forma muito “Casseta e Planeta” a Marilia Gabriela, desviando o foco da história totalmente (eu adorava “Casseta” mas nesse contexto não combina esse tipo de abordagem). Outro detalhe incômodo foram os ruídos dos momentos de transição de elementos cênicos (entrada ou saída de móveis, painéis e tudo mais)… estávamos longe do palco e ainda sim ouvimos o barulho.

Como fã de Elis, saí um pouco frustrada. Esperava algo grandioso, surpreendente, “fogos de artifício”, colorido, forte, cheio de emoções e conflitos, ingredientes presentes na vida e obra da Elis. Mas foi um show bem montado, que provavelmente agradará muita gente, talvez não um musical…

Li que a intenção era homenagear a Elis mas acho que ela merecia mais…

Anúncios

Site que liga artistas a donos de muros registra 18 intervenções em SP

A lógica é simples. Se tem um muro precisando de tinta e um artista buscando espaço, por que não juntar os dois? O encontro é promovido pela plataforma Color+City (“cidade + cor”), lançada em 26 de março. Em pouco mais de uma semana, 22 espaços ganharam cara nova, 18 deles em São Paulo (desses, 15 foram pintados numa ação promocional para inaugurar o site).

O projeto, idealizado pelo designer Gabriel Pinheiro e pelo artista Victor Garcia, tem apoio da FLAG, que reúne empresas criativas, do Google Brasil, que disponibilizou seu serviço de mapeamento, o Google Maps, e de outros parceiros.

O primeiro contato entre doadores e artistas é virtual. Ao acessar o site, o usuário escolhe se quer autorizar a utilização de um espaço privado ou se deseja pintar um muro. Para se cadastrar, é preciso ter um perfil no Google+, rede social do grupo. Mais de 200 locais já estão reservados, em diversos estados do país.

A plataforma permite que fotos sejam carregadas para mostrar os espaços disponíveis e também o resultado das intervenções. Cada artista pode reservar um único espaço por vez, que fica “ocupado” por até 35 dias. Na página do projeto, é possível visualizar o “status” dos muros: os que têm a marcação verde estão livres, os amarelos estão reservados e os coloridos já foram pintados.

Image

ABAIXO, CONFIRA ENTREVISTA COM GABRIEL PINHEIRO, UM DOS IDEALIZADORES DO PROJETO:

sãopaulo – O Color+City existe há pouco mais de uma semana. Quantas pessoas já se inscreveram para doar seus muros e quantos já foram pintados?
Gabriel Pinheiro – Pela nossa última contagem, 213 muros já tinham sido reservados, 22 já foram finalizados e 112 ainda estavam disponíveis. Mas os números estão sempre mudando.

Como surgiu a ideia para o projeto?
Surgiu naturalmente das conversas que a gente tinha sobre a cena, sobre o que acontecia na cidade. Volta e meia aparecia a história de algum artista pedir autorização para grafitar um muro, de o morador deixar, verbalmente, mas aí se a polícia aparecia o morador não ia até a porta dizer que tinha deixado, não queria se meter em confusão… Ou, então, o artista ia lá pedir, mas o cara não queria conversa, não queria perder tempo. Então a gente pensou em criar um lugar onde pudesse reunir os dois lados –os moradores que quisessem ter seus muros pintados e os artistas que estivessem buscando espaço para fazer esse trabalho. A partir disso, ficamos 11 meses conversando com o pessoal da Flag. Foi uma construção coletiva.

A partir do momento em que os muros são reservados, vocês acompanham as conversas entre morador e artista até o espaço ser pintado?
Não. O objetivo da plataforma é desenhar as parcerias e conectar pessoas, fazer a ponte, mesmo. Nosso desejo é um só: deixar a cidade mais colorida. É um projeto coletivo. Não é de ninguém e é de todo mundo, ao mesmo tempo. E outra coisa importante de destacar é que o projeto não está limitado a artistas. Um professor pode reunir sua turma de alunos e reservar um dos muros disponíveis. Qualquer pessoa pode deixar a cidade mais bonita.

Fonte: Revista São Paulo

Anunciados os horários dos shows do Lollapalooza Brasil 2013

A segunda edição brasileira do Lollapalooza, que será realizada entre os dias 29 e 31 de março, no Jockey Club, anunciou nesta segunda-feira, 21, os horários dos shows das mais de 60 atrações.

As apresentações serão espalhadas por cinco palcos, mas ainda não foram anunciados os artistas que se apresentarão no Kidzapalooza, um local dedicado especialmente para as crianças.

A edição do ano passado, com dois dias, foi encerrada por shows de Foo Fighters, no primeiro, e Arctic Monkeys, no segundo. Desta vez, com um dia a mais, cada dia de festival será encerrado por The Killers, Black Keys e Pearl Jam, respectivamente.

O primeiro lote de ingressos, com 14 mil passaportes que garantiam a entrada nos três dias de show por R$ 900, se esgotou em poucas horas. Ainda há entradas avulsas para todos os dias, no valor de R$ 330 cada.

Veja abaixo os dias, horários e palcos do Lolla 2013:

Sexta-feira, 29 de março
Palco Alternativo
Tokyo Savannah – 13h15 – 14h15
Copacabana Clube – 15h15 – 16h15
Crystal Castles – 17h15 – 18h15
Passion Pit – 20h – 21h15

Palco Butantã
Holger – 13h15 – 14h15
Of Monsters And Men – 15h15 – 16h15
Cake – 17h15 – 18h30
Deadmau5 – 20h – 21h30

Palco Perry
Bruno Barudi – 12h30 – 13h30
Boss In Drama – 13h45 – 14h45
Dirtyloud – 15h – 16h
Feed Me – 16h15 – 17h15
Porter Robinson – 17h30 – 18h45
Red Bull Technostalgia Feat. Dj Marky & Bid – 19h – 20h15
Knife Party – 21h30 – 23h00

Palco Cidade Jardim
Perrosky – 12h30 – 13h15
Agridoce – 14h15 – 15h15
The Temper Trap – 16h15 – 17h15
The Flaming Lips – 18h30 – 20h
The Killers – 21h30 – 23h

Sábado, 30 De Março
Palco Alternativo
Ludov – 13h30 – 14h30
Gary Clark, Jr. – 15h – 16h30
Alabama Shakes – 17h30 – 18h30
Criolo – 20h – 21h15

Palco Butantã
Graforréia Xilarmônica – 13h30 – 14h30
Tomahawk – 15h30 – 16h30
Franz Ferdinand – 17h30 – 18h45
A Perfect Circle 20h – 21h30

Palco Perry
Classic – 13h – 14h
William Naraine – 14h15 – 15h15
Lennox 15h30 – 16h45
Zeds Dead – 17h – 18h15
Nas – 18h30 – 19h30
Madeon – 20h – 21h
Steve Aoki – 21h30 – 23h

Palco Cidade Jardim
Stop Play Moon – 12h30 – 13h30
Toro Y Moi – 14h30 – 15h30
Two Door Cinema Club – 16h30 -17h30
Queens Of The Stone Age – 18h45 – 20h
The Black Keys – 21h30 – 23h

Domingo, 21 De Março
Palco Alternativo
Wannabe Jalva – 13h15 – 14h15
República – 15h15 – 16h15
Vanguart – 17h15 – 18h15
Hot Chip – 19h15 – 20h30

Palco Butantã
Vivendo Do Ócio 13h15 – 14h15
Foals – 15h15 – 16h15
Kaiser Chiefs – 17h15 – 18h15
Planet Hemp 19h15 – 20h45

Palco Perry
Wehbba- 12h45 – 13h45
Database – 14h – 15h
Mix Hell – 15h15 – 16h30
Gui Boratto – 16h45 – 18h
Rusko – 18h15 – 19h30
Major Lazer – 19h45 – 21h
Kaskade – 21h30 – 23h

Palco Cidade Jardim
Baia – 12h30 – 13h15
Lirinha + Eddie – 14h15 – 15h15
Puscifer – 16h15 – 17h15
The Hives – 18h15 – 19h15
Pearl Jam – 20h45 – 23h

Fonte: Rolling Stone Brasil

Masp apresenta Talento Emergente

Foi pegando carona em estradas e percorrendo longos trechos a pé que Paulo Nazareth saiu de sua cidade natal, no interior de Minas Gerais, e chegou a Nova York. No trajeto, que durou seis meses e meio, ele vendeu bananas e gravuras simples (as frutas não raramente custavam mais do que as obras) e se deixou fotografar com famílias que conhecia pelo caminho. A performance lhe rendeu o título de Talento Emergente pelo Prêmio Masp Mercedes-Benz de Artes Visuais.

Ao lado dele, nesta primeira edição do projeto, está a veterana Anna Maria Maiolino – que, ao longo dos últimos 50 anos, transitou por diferentes linguagens, da xilogravura à instalação. Como um dos exemplos de sua importante trajetória, o museu exibe a instalação sonora ?Here & There? (que integrou a Documenta de Kassel 2012, na Alemanha), na qual ela declama um poema.

O prêmio era uma vontade antiga de Teixeira Coelho, curador-chefe do Masp, e que levou cinco anos para ser concretizada. Para a seleção, foi montado um júri que reuniu não só especialistas nacionais (Moacir dos Anjos e Paulo Herkenhoff) como internacionais, (entre eles, Chris Dercon, da Tate Modern, de Londres). “Nós aqui, dentro do sistema nacional de arte, poderíamos carregar para o prêmio preferências pessoais; com pessoas de fora, esse olhar é revitalizado”, diz Teixeira. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

ONDE: Masp. Av. Paulista, 1.578, metrô Trianon-Masp, 3251-5644. QUANDO: 10h/18h (5ª, 10h/20h; fecha 2ª). A bilheteria fecha meia hora antes. Inauguração: 21/12. Até 10/2/2013. QUANTO: R$ 15 (3ª, grátis).

Fonte: O Estado de S. Paulo

Gil 70 chega a São Paulo

Image

“A exposição não pretende ser um panorama da carreira do Gil”, ressalta o poeta e designer gráfico André Vallias, curador da exposição GIL70, que reúne 21 obras homenageando a trajetória do músico.

Inspirados nas revistas marginais da década de 1970, pinturas, grafites, vídeos, fotografias, esculturas e poesia visual fazem referência ou são dedicados às canções de Gil.

Ao todo, 25 artistas assinam as obras, entre eles Arnaldo Antunes, Ricardo Aleixo, Caetano Veloso e Augusto de Campos.

Onde:Itaú Cultural – Avenida Paulista, 149 – São Paulo
Quando:12/12 a 17/02
Quanto:gratuito
Info.:http://www.itaucultural.org.br

Fonte: Revista Cult

Cantor Elton John fará três shows no Brasil em 2013

Elton John fará três shows no Brasil entre fevereiro e março de 2013, informou nesta quarta-feira (5) a XYZ Live, produtora responsável pela vinda do cantor ao País. A performance do artista poderá ser assistida em São Paulo, no dia 27 de fevereiro, no Jockey Club; em Porto Alegre, dia 5 de março, no estádio Zequinha; e em Brasília, dia 8 de março, no Centro de Convenções Internacional.

Os ingressos para as apresentações começam a ser vendidos a partir de 8 de dezembro para os shows de São Paulo e Brasília, e dia 10 de dezembro para o show de Porto Alegre. A compra pode ser feita pelo http://www.livepass.com.br (para os shows de São Paulo e Porto Alegre) e pelo http://www.ingressorapido.com.br (para Brasília). Os valores vão de R$ 180 a R$ 1.000,00.

Fonte: Terra

São Paulo recebe Jornada Convergência Audiovisual

Na próxima semana, de 10 a 13 de dezembro, o Cemec promove mais uma Jornada Convergência Audiovisual, em São Paulo.

A onipresença das telas na vida do cidadão contemporâneo revela a importância do audiovisual como oportunidade política para a sociedade brasileira. Por outro lado, percebemos a formação de uma nova indústria cultural, a partir de modelos de negócios inovadores, próprios do mundo digital.

A Jornada Convergência Audiovisual apresenta as diversas dimensões dessa nova configuração da sociedade global, com efeitos especiais sobre a realidade brasileira, caracterizada pelo domínio dos grandes players, expansão da banda larga, crescimento da TV por assinatura e nova legislação, que promete dar mais oxigênio para as produções independentes, além de inserir definitivamente o setor de telecomunicações no já disputado mercado.

Com presença de profissionais com grande experiência no setor, o curso enfoca a construção e desenvolvimento de modelos negócios transmídia, explorar as grandes potencialidades do mercado atual.

Clique aqui para ver a programação completa e se inscrever.

Fonte: Cultura e Mercado

Audição na área: In The Heights

Atores e cantores de plantão, a 4act está selecionando brasileiros e latino americanos para as audições do musical “In The Heights”, que estreia em julho de 2013 no Rio de Janeiro e migra para São Paulo em outubro do mesmo ano. As inscrições para os testes podem ser realizadas no site do musical, clicando aqui.

Fonte: Musicais BR

Coldplay anuncia dois shows no Brasil em fevereiro

A banda Coldplay anunciou dois shows no Brasil em fevereiro de 2013. Em São Paulo, a apresentação será em 5/2, no estádio do Morumbi. Em Porto Alegre, os fãs poderão curtir o grupo em 7/2, no estádio Zequinha.

A venda de ingressos começa à 0h do dia 21 de novembro, pelo site http://www.ticketsforfun.com.br.

Os shows fazem parte da turnê do disco “Mylo Xyloto”. Formado em 1996, o grupo Coldplay já vendeu mais de 55 milhões de cópias de seus álbuns em todo o mundo.

Fonte: Guia Folha

Faculdade inglesa de teatro e cinema faz audições em São Paulo

A faculdade inglesa de Teatro e Cinema, East15, parte da renomada University of Essex, terá audições em São Paulo, nos dias 27 e 28 de novembro, para os cursos de mestrado em interpretação e direção teatral, cinema e graduação em interpretação teatral.

Para se candidatar às audições é necessário encaminhar os seguintes materiais:

– Interpretação (bacharelado e mestrado) – resumo do CV e dois monólogos curtos (dois minutos cada) em inglês: um com um texto contemporâneo e outro com um texto clássico, de preferência Shakespeare.

– Direção (mestrado) – somente um resumo do CV.

– Cinema (mestrado) – Resumo do CV e clipes de seus trabalhos no Youtube.

Os materiais e os links do Youtube devem ser encaminhados, juntamente com telefones de contato e nome completo, para east15.brazilian.auditions@gmail.com. Todos os candidatos devem ter fluência na língua inglesa.

As audições acontecerão no Globe-SP (Rua Capitão Prudente, 173, Pinheiros). O horário da audição de cada candidato será confirmado via e-mail. As audições/entrevistas serão realizadas pessoalmente pelo professor Leon Rubin, diretor geral da East15 – University of Essex.

Mais informações no site http://www.globe.art.br.

*Com informações do site da Revista de Cinema

Fonte: Cultura e Mercado

Entradas Mais Antigas Anteriores

Blog Stats

  • 155,535 hits