#NascidaEm1985 – Partes 3, 4, 5 e 6 – Rock in Rio

Não é fácil manter a periodicidade das postagens em meio a um turbilhão acontecendo no trabalho e em casa rs. Mas vou me redimir e hoje a série #NascidaEm1985 não apenas vai trazer uma canção que nasceu no mesmo ano que eu, mas uma iniciativa incrível, um festival lendário, que teve sua primeira edição em 1985: o Rock in Rio! Tenho muita sorte por ter nascido no mesmo ano desse show que ocorreu no período dos primeiros passos do Brasil rumo à democracia e foi o primeiro grande festival da América do Sul.

Queria muito ter estado lá mas, como aconteceu em janeiro e eu nasci em julho, ouvi tudo da barriga da minha mãe, que viu algumas coisas pela televisão. Aos jovens que leem esse texto, há algo curioso sobre esse Rock in Rio: tinha rock e era no Rio mesmo rs. Em 10 dias, a Cidade do Rock recebeu mais de 1,3 milhão de pessoas em um espaço com sistemas de som e luz supermodernos, que inclusive iluminavam a platéia (algo inédito para a época). Era um período em que o rock começava a despontar no Brasil e os principais nomes dessa nova safra estiveram nos palcos do festival. Blitz, Paralamas, Barão, Rita Lee, Lulu Santos e Kid Abelha são alguns dos nomes.

Vendo vídeos dos shows, o coro da platéia sempre me arrepia. Todos pareciam alucinados com alto tão extraordinário, bandas nacionais super bacanas e nomes internacionais que ainda não costumavam incluir o Brasil em suas turnês. Ícones que eu amo e fizeram parte da minha formação musical estavam lá marcando presença: Queen, AC/DB, Ozzy, Iron, George Benson, James Taylor, Whistenake, Scorpions e B-52’s.

Há 30 anos, mais de um milhão de pessoas surpreendidas por shows incríveis. Hoje, quando vamos a um show, normalmente já sabemos o setlist, já vimos vídeos da mesma turnê, lemos inúmeras matérias sobre o assunto. Ou seja, de certa forma, sabemos o que esperar. Imagina há 30 anos? Sem youtube pra você dar uma espiadinha em como vai ser o show do seu artista favorito? Sem google pra você pesquisar a lista de músicas, você podia ser surpreendido por aquela canção meio “lado b” que você ama mas achou que ninguém mais gostava. Deve ter sido algo incrível e indescritível para quem esteve lá. Tanta banda que marcou época reunida em 1985, quando o show business não acabava com o limite do nosso cartão de crédito…

Pra celebrar essa grande reunião de artistas, #NascidaEm1985, o show do Queen… porque Freddie é o cara e sempre será!

Para quem quiser saber mais:

Olhem que bacana esse relato do primeiro festival: http://musica.uol.com.br/noticias/redacao/2013/08/14/especial-rock-in-rio-festival-surgiu-em-1985-entre-calotes-enquetes-e-rejeicao-a-bob-dylan.htm

Aqui tem uma matéria bem legal com curiosidades do primeiro Rock in Rio: http://entretenimento.r7.com/pop/fotos/rock-in-rio-completa-30-anos-relembre-curiosidades-e-polemicas-do-festival-11012015#!/foto/1

Anúncios

Chegou o trailer do filme do Jimi Hendrix

Galera do rock and roll e amantes da música, o tão esperado trailer do filme do Jimi Hendrix foi divulgado. A semelhança de André 3000, do Outbkast, com o músico impressiona e as poucas imagens reveladas remontam o gênio forte e o talento incontestável do cara!

O filme ˜Jimi: all is by my side˜ foi dirigido por John Ridley, que ganhou o Oscar por seu trabalho no longa ˜Doze anos de escravidão˜, e deve chegar aos cinemas dos Estados Unidos no dia 26 de setembro. Vamos torcer para que possamos ver nas telonas brasileiras o quanto antes!

Confira o trailer e tire suas próprias conclusões…

Banda de Thom York e Flea divulga faixas de primeiro álbum; ouça

Depois de muitos meses de especulação, shows não divulgados e faixas vazadas, o Atoms For Peace finalmente divulgou nove faixas que estarão em seu primeiro álbum, chamado AMOK.

Além de Flea (Red Hot Chili Peppers) e Thom Yorke (Radiohead), O supergurpo ainda conta com Nigel Godrich (produtor do Radiohead), Joey Waronker (Beck e REM) e o brasileiro Mauro Refosco.

É nítido que a presença de Yorke no projeto faz com que a sonoridade caminhe para uma sonoridade mais próxima do próprio Radiohead. AMOK mostra momentos interessantes de texturas com sintetizadores, ritmos intensos de bateria e grooves – sempre – bem construídos de Flea.

As músicas você pode ouvir aí embaixo.

Ouça as músicas no link: http://musica.terra.com.br/independencia-ou-morte/blog/2013/02/19/banda-de-thom-york-e-flea-divulga-faixas-de-primeiro-album-ouca/

Fonte: Terra

Whitesnake lançará álbum ao vivo

Muito em breve, o Whitesnake lançará um novo álbum ao vivo. Intitulado ‘Made in Japan’, o trabalho foi anunciado pela Frontiers Records para o dia 23 de abril. Poderão ser encontrados os seguintes formatos: 2CD/DVD (deluxe), Blu-ray e DVD.
 
O show resgatado aconteceu no dia 15 de outubro de 2011, durante o festival Loud Park (Japão). Na ocasião, a banda divulgava o então recém-lançado ‘Forevermore’ – o último de inéditas deles até aqui.
 
A gravação teve como propósito inicial promoção do evento e veiculação na TV japonesa. Entretanto, a performance acabou despertando o interesse de diversos fãs, o que motivou o lançamento mundial.
 
‘Made in Japan’ sairá pouco antes de o Whitesnake cair na estrada com sua nova turnê, ‘Year of the Snake’. O trabalho também não deixa de ser uma celebração especial para os guitarristas Doug Aldrich e Reb Beach, que, em 2013, completam uma década na trupe comandada por David Coverdale. O time ainda tem Michael Devin (baixo), Brian Tichy (bateria) e Brian Ruedy (teclado).
 
As edições em DVD e Blu-ray terão 14 faixas, sendo as duas últimas gravadas por fãs. O CD duplo virá com 12 canções no disco principal e 8 registros de passagens de som no bônus.

 

Fonte: Guitar Player

Homenagem a Jimi Hendrix reúne Andreas Kisser e Edgard Scandurra

Em homenagem aos 70 anos de Jimi Hendrix, que seriam completados em novembro de 2012, Andreas Kisser, Edgard Scandurra, Lanny Gordin, Martin, Pitty e Hélio Flanders se apresentam no show Hendrix 70, nos dias 1º, 2 e 3 de fevereiro, no Teatro do Sesc Vila Mariana.

O show irá apresentar releituras de alguns sucessos do guitarrista como “Foxy Lady”, “Purple Haze”, “Hey Joe”, “Red House” e “Vodoo Child”.

Os músicos convidados serão acompanhados pela banda formada por Du Moreira, Loco Sosa e Estevan Sinkovitz.

Considerado um dos maiores guitarristas de todos os tempos, Jimi Hendrix revolucionou o modo de tocar guitarra e influenciou uma geração de músicos.

Serviço
Hendrix 70
Quando: 1º, 2 e 3 de fevereiro; sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 18h
Onde: Sesc Vila Mariana – Rua Pelotas, 141, Vila Mariana
Quanto: R$ 40 (inteira); R$ 20 (usuário inscrito no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino); R$ 10 (trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)
Vendas: pelo sistema INGRESSOSESC a partir de 25/1, às 14h
Bilheteria: de terça a sexta, das 9 às 21h30, sábado das 10 às 21h30, domingo e feriado das 10 às 18h30 (ingressos à venda em todas as unidades do SESC). Aceitam-se todos os cartões
Não recomendado para menores de 12 anos
Estacionamento: R$ 3 a primeira hora + R$ 1 a hora adicional (matriculados no Sesc). R$ 6 a primeira hora + R$ 2 a hora adicional (não matriculados). 200 vagas
Capacidade: 608 lugares
Duração: 90 minutos
Mais informações: (11) 5080 3000 ou 0800 118220

Fonte: UOL

Ex-integrantes do Scorpions vão tocar no Brasil

O Scorpions ainda não marcou sua volta ao Brasil, mas um show reunindo ex-integrantes do grupo já está certo para maio, no país. Os guitarristas Michael Schenker e Uli Jon Roth, o baixista Francis Buccholz e o baterista Herman Rarebell vão se apresentar juntos, em locais a definir.

Apenas o vocalista não será um ex-Scorpions, já que o cantor Klaus Meine está na banda até hoje. Quem cuidará dos vocais é Doogie White, que tem excursionado com Schenker.

Michael tocou no Scorpions quando o grupo estava no início da carreira. Participou do primeiro disco, “Lonesome Crew”, de 1972, e pulou fora. Foi substituído por Uli Jon Roth. Voltou como convidado no álbum “Lovedrive”, de 1979, quando Roth já havia saído.

Buccholz deixou a banda alemã em 1992, três anos antes de Rarebell abandonar a formação. Schenker e Roth mantêm até hoje carreira solo cultuada entre os fãs do Scorpions e de hard rock em geral. Michael veio duas vezes ao Brasil. Estreou nos palcos do país em 2009 e voltou dois anos depois.

White é escocês, e, além da banda de Michael Schenker, cantou no Rainbow, extinto grupo do guitarrista Ritchie Blackmore (ex-Deep Purple), e no Rising Force, do guitarrista Yngwie Malmsteen.

Fonte: Kiss FM

Sobre minha parte cantora e compositora…

por Mariana Paes, editora do Catarse Musical

Desde o início do blog, relutei em divulgar aqui meu trabalho como cantora e compositora. Nem sei ao certo o motivo mas o fato é que hoje me dei conta da situação e decidi reverter.

Tanto no SoundCloud quanto no My Space, vocês podem conferir algumas canções que realmente fazem parte da minha vida, com arranjo do maestro Douglas Berti, querido amigo com grande sensibilidade e referências bem bacanas. Então, fizemos uma salada que incluiu Christopher Cross, The Police, Kiss e Van Halen em versões bem light, com piano bem desenhado, e a intenção de ser tão visceral quanto delicada.

Já a música “Tão” é nossa composição, produto de um momento de fossa (mas não sou como a Adele. Minha terapeuta me alertou: não “precise” da tristeza pra compor, exercite compor sobre assuntos positivos, para não “viciar” nela ou “buscar coisas ruins” em momentos de bloqueio criativo).

Agora estou em um novo momento, com umas 15 músicas já compostas com o Rogério Maçan, cantor e compositor excepcional, amigo que foi meu professor e depois chefe e parceiro de composição. Para testar uma das músicas compostas, a inscrevi em um concurso de compositores e acabamos ficando entre os 15 finalistas (foram 150 inscritos). Infelizmente, por incompatibilidade de agendas, não pudemos competir na final, mas vimos que realmente o trabalho tá ficando bacana e tem potencial para entrar no mercado de uma forma bem legal. Sem pressa, estamos finalizando as músicas para depois gravar suas versões finais. Então… em breve, novidades.

Enquanto isso, curtam as músicas que estão no SoundCloud e no My Space

Rolling Stones fazem show para 20 mil fãs em Londres

Londres – Os Rolling Stones levaram ao delírio cerca de 20 mil fãs neste domingo em Londres, em um show que marcou a volta da banda aos palcos após cinco anos de ausência.

Os Stones, cujos componentes beiram os 70 anos, conseguiram abarrotar o pavilhão O2 Arena de Londres no começo da miniturnê “50 And Counting” que os levará em dezembro a Nova York e que criou uma enorme expectativa ao coincidir com o 50º aniversário da banda.

Devido a tão importante comemoração, a noite começou com um vídeo que incluía os testemunhos de alguns de seus fãs como Elton John, Nick Cave, Pete Townshend e Iggy Pop.

Os fãs que foram à capital britânica vindos de todas as partes do mundo puderam ver mais uma vez no palco – que tinha uma enorme passarela circular e dominado por grandes lábios que mudavam de cor – Mick Jagger, Ronnie Wood, Keith Richards e Charlie Watts, acompanhados de maneira excepcional por Bill Wyman e Mick Taylor.

A presença destes dois ex-integrantes da banda deu à noite um caráter excepcional, já que foi a primeira vez em duas décadas que tocaram juntos em um show todos seus membros.

Mas a noite, que muitos consideravam como o acontecimento musical do ano, também teve surpresas e a “suas satânicas majestades” se uniu no espetacular palco a cantora americana de R&B Mary J.Blige e juntos interpretaram “Gimme Shelter”.

Também participou da grande festa um velho conhecido do grupo, o lendário guitarrista britânico Jeff Beck, que os acompanhou com “I’m Going Down”.

No espetáculo os Stones começaram com “Wanna Be Your Man” e repassaram seus grandes clássicos como “(I Can’t Get No) Satisfaction”, “Sympathy For the Devil” e “Start Me Up”, enchendo o pavilhão do mais puro rock durante duas horas e meia.

Além disso, a banda tocou o material novo incluindo “GRRR!:, “Doom And Gloom” e “One More Shot”.

Apesar da enorme expectativa e as poucas datas programadas os organizadores não conseguiram vender todas as entradas e horas antes do show algumas páginas da internet ainda ofereciam ingressos.

No entanto, os Stones, que este ano completaram 50 anos de carreira, voltaram a demonstrar em Londres para um público de todas as idades e completamente entregue que são roqueiros incansáveis.

Fonte: UOL Música

Coldplay anuncia dois shows no Brasil em fevereiro

A banda Coldplay anunciou dois shows no Brasil em fevereiro de 2013. Em São Paulo, a apresentação será em 5/2, no estádio do Morumbi. Em Porto Alegre, os fãs poderão curtir o grupo em 7/2, no estádio Zequinha.

A venda de ingressos começa à 0h do dia 21 de novembro, pelo site http://www.ticketsforfun.com.br.

Os shows fazem parte da turnê do disco “Mylo Xyloto”. Formado em 1996, o grupo Coldplay já vendeu mais de 55 milhões de cópias de seus álbuns em todo o mundo.

Fonte: Guia Folha

Muse e Alice in Chains são anunciados no Rock in Rio

O festival Rock In Rio confirmou, em seu site oficial, as bandas Muse e Alice In Chains como headliners da edição 2013. Os dois se apresentam no Palco Mundo, sendo que o Alice In Chains toca no dia 19 de setembro, mesma noite que o Metallica. A data do Muse ainda não foi confirmada.

Tanto Alice In Chains quanto o Muse estiveram recentemente no Brasil. Os norte-americanos se apresentaram na edição 2011 do SWU, realizada em Paulínia, interior de São Paulo, em novembro. Já o Muse veio em abril do mesmo ano, abrindo os shows do U2 em São Paulo.

A quinta edição brasileira do Rock In Rio acontece nos dias 13, 14, 15, 19, 20, 21 e 22 de setembro do ano que vem. Entre as atrações já confirmadasestão Bruce Springsteen, Iron Maiden, Metallica e Ben Harper. Comprovando seu sucesso entre os brasileiros, o festival vendeu os 80 mil Rock In Rio Cards disponibilizados no dia 30 de outubro em apenas 52 minutos.

Fonte: Terra

Entradas Mais Antigas Anteriores

Blog Stats

  • 150,917 hits