Masp e Votorantim promovem Fórum Arte e Cultura: metodologias e avaliação de ações culturais

Quem acompanha a agenda brasileira de seminários e debates culturais percebe que é raro encontrar eventos com foco em metodologias e avaliação de projetos. Com o intuito de dirimir essa lacuna, o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand – MASP, o Banco Votorantim e o Instituto Votorantim se uniram para promover o Fórum Arte e Cultura: metodologias e avaliação de ações culturais, que acontecerá no MASP, nos próximos dias 16 e 17 de novembro.

O evento, que finaliza o projeto de Formação de Agentes Culturais, ministrado este ano (2011), deve discutir os meandros das ações culturais e os diversos formatos de avaliação dessas práticas. “Escolhemos como temas principais do evento as questões de metodologia e de avaliação, porque percebemos que essas eram áreas falhas, com pouco debate no meio cultural. O Fórum contará com mesas muito especificas, direcionadas por profissionais que vão apontar caminhos sob os pontos de vista teórico e prático”, explica Maria Helena Pires Martins, coordenadora do Fórum Arte e Cultura.

A palestra de abertura do evento será realizada pelo poeta Ferreira Gullar. Entre os participantes das mesas de debates estão Frederico Barbosa, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA, e Vera Cristina Athayde, da Associação Oca Escola Cultural.

O Fórum será aberto ao público, com emissão de certificados para os inscritos que retirarem o kit de participante no primeiro dia. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site do MASP.

Fórum Arte e Cultura: metodologias e avaliação de ações culturais
Data: 16 e 17 de novembro
Horário: 9h às 18h
Local: Grande Auditório do MASP
Programação: http://www.masp.art

Fonte: Cultura e Mercado

Fórum de Políticas Culturais de MG

Na próxima terça-feira (20), o Fórum de Políticas Culturais de Minas Gerais promove encontro para debater as políticas públicas de cultura com enfoque na economia criativa e no fomento às artes. O evento será realizado na parte da tarde (14h às 17h30), no Galpão 3 da Fundação Nacional de Artes (Funarte), em Belo Horizonte, com a presença da secretária da Economia Criativa (em fase de estruturação no MinC), Cláudia Leitão, do presidente da Funarte, Antônio Grassi, e da secretária de Cultura de Minas Gerais, Eliane Parreiras.

O Fórum Mineiro de Políticas Culturais é o espaço para o diálogo e o aprofundamento de questões relacionadas às políticas públicas de cultura. A meta é aproximar governos municipais, estadual e federal no sentido de instituir e fortalecer o Sistema Nacional de Cultura (atribuição prevista no parágrafo 1º, do inciso XII, da Art 3º, da Lei 12.343, que instituiu o Plano Nacional de Cultura).

O encontro da próxima semana abrirá a série de reuniões temáticas mensais que o Fórum realizará no estado mineiro. Os encontros são abertos à participação de pessoas interessadas nos temas relacionados à área cultural.

Integram o Fórum Mineiro a Representação Regional do MinC, Funarte/MG, Universidade Federal de Minas Gerais, Secretaria de Estado da Cultura, Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura, e a Associação Mineira dos Municípios.

A Funarte/MG está localizada na Rua Januária, 68 – Floresta, em Belo Horizonte.

Fonte: Cultura e Mercado

MinC realiza encontro sobre políticas públicas culturais na Bahia

A Representação Regional do Ministério da Cultura na Bahia realiza, no próximo dia 23, no Teatro Castro Alves, em Salvador, a partir das 19h, o Fórum de Políticas Culturais Nacionais.  O evento, que tem a parceria da Secretaria de Cultura do Estado, é o sétimo promovido pelo MinC na Bahia e terá a participação do secretário de Políticas Culturais, Sérgio Mamberti.

O encontro tem como objetivo ampliar o debate com fóruns e dirigentes de cultura dos municípios para o fortalecimento das ações e programas já existentes, além de repactuar estratégias e iniciar futuras parcerias, preparando o caminho para a implementação do Sistema Nacional de Cultura e do Plano Nacional de Cultura. O Fórum busca promover diálogo com gestores, produtores, estudantes, acadêmicos e agentes culturais residentes na Bahia, acerca do direcionamento das políticas do Ministério da Cultura.

Nesta edição, o tema a ser discutido é “Os Novos Desafios da Secretaria de Políticas Culturais no Ministério da Cultura”. A Secretaria de Políticas Culturais é responsável por coordenar e subsidiar a formulação, a implementação, o desenvolvimento e a avaliação das políticas públicas do Ministério, bem como apoiar e acompanhar outras ações relativas ao desenvolvimento das políticas culturais, no âmbito federal.

*Fonte: Site do MinC

Fonte: Cultura e Mercado

Forum de Coprodução reunirá brasileiros e franceses em Cannes

A Agência Nacional do Cinema (Ancine), o Centre national du cinéma et de l’image animée– CNC, da França, e o Programa Cinema do Brasil estão organizando um Fórum de Coprodução em Cannes, durante o próximo Festival Internacional de Cinema. O evento acontece no dia 13 de maio, das 15h às 18 h.

Produtores brasileiros e franceses poderão se encontrar para discutir projetos em regime de coprodução. Cada encontro direto terá a duração aproximada de 30 minutos, o que permitirá a cada produtor brasileiro ou francês agendar até seis reuniões durante as três horas de duração do Fórum.

Representantes do CNC e da ANCINE estarão presentes para esclarecer dúvidas relativas às normas às quais devem ser submetidas as coproduções entre o Brasil e a França.

Em maio do ano passado, também durante o Festival de Cannes, o diretor-presidente da Ancine, Manoel Rangel, e a presidente do CNC, Véronique Cayla, assinaram um novo Acordo de Coprodução entre os dois países. O acordo originalmente firmado em 1969 foi modernizado e ganhou regras mais flexíveis.

A principal alteração diz respeito à participação mínima do país que entrar com capital minoritário, que caiu de 30% para 20% do orçamento total do projeto, podendo chegar a 10% em casos excepcionais. Esta mudança deve beneficiar principalmente os produtores brasileiros. Outra modificação no texto diz respeito à divisão das receitas obtidas com o filme nos territórios onde ele for exibido, que passa a ser livremente estabelecida entre os produtores.

As empresas produtoras interessadas em participar do Forum de Coprodução deverão encaminhar a sua candidatura ao programa Cinema do Brasil (eventos@cinemadobrasil.org.br), com cópia para assessoria.internacional@ancine.gov.br, até o dia 14 de abril, indicando:

a)  um  perfil resumido da empresa e filmografia;
b) no caso da  empresa já possuir um projeto que poderia ser realizado em coprodução com uma empresa francesa (descrever sucintamente o projeto: sinopse, diretor, orçamento preliminar, locais de filmagem, etc.). Não é obrigatório.
b) a experiência anterior da empresa em coproduções internacionais;
c) o nome da pessoa que representará a empresa em Cannes.

*Com informações do site da Ancine

Fonte: Cultura e Mercado

Blog Stats

  • 167.399 hits