Marcas querem aproximar-se dos clientes por meio do entretenimento

por Raul Perez

O setor de mídia e entretenimento alcançou US$ 1,6 trilhão em 2011 e deve atingir US$ 2,16 trilhões até 2016, número alavancado pelas plataformas digitais, segundo levantamento da PricewaterhouseCoopers (PwC). No Brasil, onde a expansão de uma nova classe econômica e novas regulamentações dos segmentos-chave desse mercado impulsionam ainda mais seu crescimento, grandes empresas intensificam a atenção dada aos investimentos na área, tentando, sobretudo, aproximar seus clientes.

Cristina Duclos, diretora de Imagem e Comunicação da Telefônica Vivo, acredita que investir em entretenimento é também fortalecer os vínculos do público com a marca, criando uma relação mais próxima. “Os eventos também são oportunidades de criar experiências únicas, que transmitam os valores e crenças da marca aos nossos clientes”, explica.

A empresa promove diversos projetos na área, como o Conexão Vivo, mostra itinerante de videoclipes e documentários musicais, e o Vivo Open Air, que exibe lançamentos do cinema em espaços abertos, sempre seguidos de um show ou uma festa. Cristina informa que os eventos são produzidos por agências especializadas sob a supervisão da área de Eventos e Patrocínios da empresa.

“Hoje, o patrocínio faz parte do roteiro de comunicação das empresas, é above the line, porque está na pizza de comunicação”, afirmou em entrevista ao site Meio & Mensagem Sergio Ajzemberg, presidente da produtora Divina Comédia, responsável pela produção do festival de música latina Telefônica Sonidos, que a partir deste ano deve passar a se chamar Vivo Sonidos – resultado da mudança da marca de produtos da empresa, que atingiu os serviços de telefonia fixa, internet e TV por assinatura.

Outra marca conhecida por apostar no modelo de brand content em eventos culturais é a Red Bull. Só neste ano já foram mais de uma dezena, na maior parte voltados à música. Alguns deles tiveram suas primeiras edições nacionais, como o Red Bull House of Art, residência artística que fomenta a produção de jovens artistas locais, e o Red Bull Technostalgia, prova do aumento do interesse da marca no país.

“Os eventos proprietários Red Bull têm a participação de curadores selecionados pela própria Red Bull. São pessoas ligadas às cenas com as quais os eventos conversam e que podem, a partir de sua bagagem profissional e experiência, falar com propriedade sobre o evento em si, sua dinâmica e o contexto no qual a iniciativa em questão está inserida”, informou a empresa à nossa reportagem.

Personalização – De acordo com a matéria “Inovação no setor de entretenimento é chave para atender consumidores exigentes”, do boletim Oportunidade & Negócios, publicado pelo Sebrae em fevereiro deste ano, os consumidores estão mais exigentes quanto à qualidade do serviço e do atendimento. Por causa disso, cinemas, casas de shows, teatros e outros serviços estão procurando personalizar seu trabalho.

“Hoje em dia, o consumidor quer conviver com histórias semelhantes à sua e com um final feliz. Quer ver o cotidiano, as relações autênticas, ser menos invadido e mais incluído na comunicação das marcas”, acredita Flávio Mendes, sócia da Ube Entertainment, empresa especializada em entretenimento para marcas.

Prova desse interesse é um projeto em andamento da empresa que, segundo Flávio, está sendo disputado por diversas marcas pelo sua capacidade de falar com públicos “de todas as classes, ao mesmo tempo, e com linguagens de comunicação distintas com os targets, nos diferentes eventos”. A Ube Entertainment é a responsável por cuidar da captação da Ópera Bayreuth de Richard Wagner, que será trazida ao país pela primeira vez em razão das comemorações do Ano Brasil/Alemanha, em 2013.

Ele conta que essa é apenas a quarta vez que o espetáculo sai do país de origem para ganhar um palco no exterior em um século. “As marcas querem participar de uma forma mais próxima, explorar a oportunidade”, explica ele sobre o interesse das companhias no projeto.

Flávio Mendes apresenta, de 10 a 13 de setembro, o curso Entretenimento, que vai abordar entretenimento clássico, o brand entertainment & branded content, no Brasil e no mundo. Clique aqui para mais informações.

Fonte: Cultura e Mercado

Anúncios

Funarte lança edital do Prêmio de Música Brasileira

A Fundação Nacional de Artes (Funarte) lançou edital para o Prêmio Funarte de Música Brasileira, com abrangência nacional.

Pessoas físicas (produtores e artistas) ou jurídicas (instituições privadas, com ou sem fins lucrativos, de natureza artística e/ou cultural) poderão participar, inscrevendo-se até o dia 4 de outubro.

Serão selecionados projetos de composição, arranjos, shows, discos, vídeos, sites, publicações, pesquisas, seminários, debates e cursos, entre outras ações. As propostas podem ser relacionadas à criação, produção, distribuição e circulação de música.

O programa terá R$ 3,397 milhões disponibilizados pelo Fundo Nacional de Cultura. Os prêmios serão de R$ 30 mil a R$ 200 mil.

Clique aqui para mais informações.

*Com informações do site da Funarte

Fonte: Cultura e Mercado

Prêmio dá R$ 120 mil a poesias, contos e romances

Por meio da Biblioteca Pública, a Secretaria da Cultura do Paraná lança a primeira edição do Prêmio Paraná de Literatura.

O concurso seleciona inéditos de autores de todo o país, em três categorias que homenageiam figuras importantes da literatura paranaense: Romance (prêmio Manoel Carlos Karam), Contos (prêmio Newton Sampaio) e Poesia (prêmio Helena Kolody).

O vencedor de cada categoria recebe R$ 40 mil, com direito a publicação da obra pela Biblioteca Pública do Paraná e tiragem de mil exemplares, com cem cópias destinadas ao autor.

Um grupo formado por um presidente e outros nove membros, três em cada categoria, avaliarão os trabalhos concorrentes.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 31 de agosto deste ano. O resultado será divulgado na primeira quinzena de dezembro.

Clique aqui para mais informações.

Fonte: Revista Cult

Funarte anuncia destinação de R$ 161 milhões para as artes

A Fundação Nacional das Artes (Funarte) anunciou a destinação de R$ 161,7 milhões para projetos nas áreas de circo, dança e teatro, artes visuais, música e artes integradas, em cerimônia realizada no Rio de Janeiro nesta quinta-feira (2/8). Segundo o presidente da Funarte, Antonio Grassi, o orçamento é 60% maior em relação ao ano passado.

Entre as ações estão prêmios, concessão de bolsas, cursos de capacitação artística e técnica e programas internacionais. Compareceram ao lançamento do Programa de Fomento às Artes a ministra da Cultura, Ana de Hollanda; o diretor Domingos de Oliveira; as atrizes Maria Pompeu e Aracy Cardoso; e o deputado federal, Antônio Roberto Soares (PV/MG), que integra a Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados.

Do total de recursos, cerca de R$ 9,4 milhões serão destinados às ações internacionais. Um dos destaques é a realização do Ano Brasil Portugal, que começa no dia 7 de setembro e termina em 10 de junho de 2013.

Nos próximos dias, segundo Grassi, será lançada a página na internet que receberá inscrições de projetos. O Brasil também será representado, na Bienal de Arquitetura de Veneza, em agosto, com uma exposição da obra de Lucio Costa.

Para o circo, dança e teatro, serão destinados R$ 43,6 milhões. O Prêmio Myriam Muniz – uma das principais ações de estímulo à produção teatral no país – receberá R$ 12 milhões. Também serão lançadas novas edições do Prêmio Klauss Vianna de Dança e do Prêmio Carequinha de Estímulo ao Circo, cada um com investimento de R$ 6 milhões.

A mostra A Gosto de Nelson, em cartaz até 31 de agosto, nos Teatros Dulcina e Glauce Rocha, no Rio, é outro destaque. Em comemoração ao centenário de nascimento do dramaturgo, grupos de onze estados brasileiros encenam as 17 peças de autoria do dramaturgo. Também está previsto o mapeamento da dança e do circo, que permitirá não só conhecer a realidade de cada área, mas adequar essa realidade às políticas e ações propostas para esses setores.

Para a área da música serão repassados R$ 18,8 milhões. Os recursos serão aplicados em painéis, prêmios, concessão de bolsas, além do apoio a festivais, feiras e bandas. Entre as novidades estão o Prêmio Funarte de Música Brasileira e o Prêmio Funarte de Circulação de Música Erudita, que serão lançados em breve.

As artes visuais terão R$12,5 milhões para o lançamento de editais como Rede Nacional de Artes Visuais, Prêmio Marcantonio Vilaça e Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia, além de oficinas, bolsas e ocupação das galerias da Funarte em cinco capitais.

Para as artes integradas serão destinados R$ 33,8 milhões para preservação e difusão do acervo, publicação de livros e concessão de bolsas. Realizadas pela Funarte, em conjunto com a Fundação Biblioteca Nacional, as Bolsas de Criação e de Circulação Literária tiveram o prazo de inscrições, que terminaria no dia 2 de agosto, prorrogado por mais uma semana, segundo Grassi. O Programa Mais Cultura – Microprojetos Rio São Francisco, que conta com orçamento de R$ 16 milhões, contemplou 1050 projetos, a serem executados.

O presidente da Funarte destacou, ainda, a restauração e reequipamento do Teatro Brasileiro de Comédia – TBC, em São Paulo, com término previsto para 2013, e da Aldeia de Arcozelo, em Paty do Alferes (RJ).

*Com informações do site da Funarte

Fonte: Cultura e Mercado

Ibermúsicas abre inscrições para a seleção de projetos musicais

O Ibermusicas, Programa de Fomento das músicas Ibero-Americanas, está convidando interessados a participarem da seleção de projetos. As inscrições vão até o próximo dia 27 no site da Funarte (http://www.funarte.gov.br).

O objetivo do projeto é apoiar a criação musical e a produção de obras de artistas ibero-americanos. No site, há os requisitos para os projetos participantes e, uma vez adequados, poderão ser enviados somente por correios para Fundação Nacional de Artes – Funarte – Rua da Imprensa, 16/ sala 1308, Centro – Rio de Janeiro, RJ.

Fonte: Backstage

Funarte lança editais de ocupação artística

A Fundação Nacional das Artes (Funarte) abriu inscrições para a ocupação de salas de espetáculo no segundo semestre de 2012. Artistas, cooperativas, companhias de dança e circos do país têm até o dia 16 de agosto para apresentar projetos.

Ao todo serão disponibilizadas nove salas em quatro estados diferentes. No Rio de Janeiro (RJ) participam do edital o Teatro Cacilda Becker, o Teatro Dulcina, o Glauce Rocha e o Teatro Duse. Em São Paulo (SP), o Teatro de Arena Eugênio Kusnet, a Sala Carlos Miranda e a Sala Renée Gumiel estarão à disposição.

Em Brasília (DF), o teatro Plínio Marcos, e em Belo Horizonte (MG), o Galpão 3 da Funarte, serão disponibilizados para a ocupação artística.

Companhias ou grupos que não possuem CNPJ podem ser representadas por associações ou cooperativas, desde que sejam associados a elas.

Além das salas, serão destinados R$ 5 milhões provenientes do Fundo Nacional de Cultura (FNC) para a execução das iniciativas selecionadas.

Somente serão aceitas inscrições enviadas pelo correio. Os projetos deverão ser encaminhados conforme as recomendações que constam no texto dos editais publicados no site da Funarte.

*Com informações do site do MinC

Fonte: Cultura e Mercado

Caixa abre seleção de projetos culturais para 2013

A Caixa Econômica Federal abriu seleção pública de projetos culturais para quatro programas de apoio a propostas que serão realizadas ao longo de 2013: Ocupação dos Espaços da Caixa Cultural, Apoio ao Artesanato Brasileiro, Apoio a Festivais de Teatro e Dança e Apoio ao Patrimônio Cultural Brasileiro (bienal).

O edital para artesanato deve contemplar projetos de desenvolvimento de comunidades artesãs e valorização do artesanato tradicional brasileiro. O de teatro e dança patrocina projetos de festivais de ambos os segmentos artísticos que acontecerão em todo o território nacional, de janeiro a dezembro de 2013. Já no edital de Patrimônio Cultural Brasileiro são escolhidos projetos de acesso e preservação dos bens públicos, implantação ou modernização de sistemas de segurança e monitoramento em museus, além de exposições permanentes e de acessos adaptados a pessoas com necessidades especiais, para execução em 2013/2014.

Cada proponente poderá inscrever apenas um projeto. A Caixa analisará, com base no orçamento a ser informado pelo proponente, a possibilidade de custeio dos itens aplicáveis ao tipo de projeto inscrito.

Também há um edital para ocupação dos espaços da Caixa Cultural em Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo e das duas novas unidades, em Recife e Fortaleza. São aceitos projetos nas áreas de artes visuais (fotografia, escultura, pintura, gravura, desenho, instalação, objeto, vídeo instalação, intervenção e novas tecnologias ou performances), artes cênicas (teatro, dança e performance de palco), música e cinema. Além dessas modalidades, podem ser apresentados projetos de palestras, encontros, cursos, workshops, oficinas e lançamento de livros.

As inscrições vão até o dia 15 de junho.

Mais informações estão disponíveis no site  www.programasculturaiscaixa.com.br.

*Com informações do iTeia e do site Programas Culturais Caixa

Fonte: Cultura e Mercado

Museu da Imigração recebe projetos para 17ª Festa do Imigrante

O Museu da Imigração, em São Paulo, está recebendo inscrições de grupos representativos de comunidades imigrantes interessados em participar com apresentações artísticas ou como expositores da 17ª Festa do Imigrante. O evento acontece nos dias 27 de maio e 3 de junho, no bairro da Mooca.

A festa celebra as manifestações culturais, artísticas e gastronômicas de diversas nações que povoam o estado de São Paulo. Os expositores e grupos artísticos selecionados serão divulgados na página do museu na internet.

As incrições vão até o dia 18 de março e podem ser feitas pelo site museudaimigracao.org.br/festadoimigrante.

*Com informações do site iTeia

Fonte: Cultura e Mercado

Correios abre edital para ocupação de Unidades Culturais

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) abriu inscrições para o edital de ocupação de suas Unidades Culturais. Podem participar projetos culturais nos segmentos das dança, teatro, artes visuais, artes integradas, audiovisual, humanidades e música.

No total, serão disponibilizados R$ 960 mil para contemplar iniciativas de ocupação das unidades da instituição, entre elas o Museu Nacional dos Correios, em Brasília; os centros culturais Correios situados no Rio de Janeiro, Recife e Salvador; e os espaços culturais localizados em Fortaleza e Juiz de Fora.

Serão avaliados pela Comissão Técnica da ECT: originalidade, relevância artística e cultural, qualificação da equipe, adequação financeira da proposta, contrapartidas oferecidas e compatibilidade do projeto aos princípios e valores dos Correios.

Os resultados das avaliações serão publicados até o dia 30 de maio, no Diário Oficial da União e no site da instituição.

Os projetos aprovados serão realizados no período de julho deste ano a março de 2013.

O edital e a ficha de inscrição estão disponíveis aqui.

*Com informações da Rede Candanga

Fonte: Cultura e Mercado

Funarte abre editais para ocupação de teatro, dança e circo

A Fundação Nacional de Artes (Funarte), através de seu Centro de Artes Cênicas (Ceacen), abriu processos seletivos para projetos de ocupação de suas salas destinadas a teatro, dança e circo.

Os editais, publicados na edição do dia 2 de janeiro de 2012 do Diário Oficial da União, são destinados  aos teatros Dulcina, Cacilda Becker, Duse e Glauce Rocha, no Rio de Janeiro; às salas Carlos Miranda e Renée Gumiel e ao Teatro de Arena Eugênio Kusnet, em São Paulo, ao Galpão 3 da Funarte Belo Horizonte (MG) e ao Teatro Plínio Marcos, em Brasília. Será contemplado um projeto em cada edital. O prazo de inscrições vai até 16 de fevereiro.

Companhias, grupos e empresas de todo o Brasil podem enviar à Funarte suas propostas de programação para os espaços. Os nove projetos contemplados receberão aportes financeiros para a sua viabilização. As propostas selecionadas ocuparão as salas de abril a agosto de 2012 (exceção para os teatros Dulcina e Glauce Rocha, no Rio de Janeiro, cuja ocupação será de abril a julho).

A análise dos projetos caberá a comissões convidadas. Elas vão considerar, como diretrizes de avaliação, a excelência artística da proposta e sua viabilidade prática, além da qualificação dos profissionais envolvidos.

O total de recursos destinados ao programa é de R$ 3,834 milhões, sendo R$ 3,75 milhões para a viabilização dos projetos e R$ 84 mil para despesas administrativas.

Sobre os editais

Teatro Cacilda Becker (RJ) – Um proponente será contemplado para ocupar o espaço com atividades de dança.
Período de ocupação: de abril a agosto de 2012, de quarta-feira a domingo
Valor destinado ao projeto vencedor: R$ 400 mil
Leia mais e acesse o edital

Teatro Glauce Rocha (RJ) – Um projeto será contemplado para ocupar o espaço com espetáculos de teatro adulto, teatro para a infância e juventude e outras ações relacionadas à atividade teatral.
Período de ocupação: de abril a julho de 2012, de quarta-feira a domingo
Valor destinado ao projeto vencedor: R$ 500 mil
Leia mais e acesse o edital

Teatro Dulcina (RJ) – Um projeto será contemplado para ocupar o espaço com espetáculos de teatro adulto, teatro para a infância e juventude, dança e circo e outras atividades relacionadas às artes cênicas.
Período de ocupação: de abril a julho de 2012, de quarta-feira a domingo
Valor destinado ao projeto vencedor: R$ 600 mil
Leia mais e acesse o edital

Teatro Duse (RJ) – Um projeto será contemplado para ocupar o espaço com espetáculos de teatro de bonecos e outras atividades relacionadas a marionetes.
Período de ocupação: de abril a agosto de 2012, de quarta-feira a domingo
Valor destinado ao projeto vencedor: R$ 150 mil
Leia mais e acesse o edital

Sala Renée Gumiel (SP) – Um projeto será contemplado para ocupar o espaço com espetáculos de dança e outras atividades relacionadas a essa arte.
Período de ocupação: de abril a agosto de 2012, de quarta-feira a domingo
Valor destinado ao projeto vencedor: R$ 400 mil
Leia mais e acesse o edital

Sala Carlos Miranda (SP) – Um projeto será contemplado para ocupar o espaço com espetáculos de teatro adulto, ou teatro para a infância e juventude, ou outras ações relacionadas à atividade teatral.
Período de ocupação: de abril a agosto de 2012, de quarta-feira a domingo
Valor destinado ao projeto vencedor: R$ 400 mil
Leia mais e acesse o edital

Teatro de Arena Eugênio Kusnet (SP) – Um projeto será contemplado para ocupar o espaço com espetáculos de teatro adulto, teatro para a infância e juventude, e outras atividades relacionadas ao teatro.
Período de ocupação: de abril a agosto de 2012, de quarta-feira a domingo
Valor destinado ao projeto vencedor: R$ 400 mil
Leia mais e acesse o edital

Teatro Plínio Marcos (DF) – Um projeto será contemplado para ocupar o espaço com espetáculos de teatro adulto, teatro para a infância e juventude, dança e circo e outras atividades relacionadas às artes cênicas.
Período de ocupação: de abril a agosto de 2012, de quarta-feira a domingo
Valor destinado ao projeto vencedor: R$ 500 mil
Leia mais e acesse o edital

Galpão 3 da Funarte (MG) – Um projeto será contemplado para ocupar o espaço com espetáculos de teatro adulto e teatro para a infância e juventude, dança e circo e outras atividades relacionadas às artes cênicas.
Período de ocupação: de abril a agosto de 2012 (exceto no período de 11 a 24 de junho), de quinta-feira a domingo
Valor destinado ao projeto vencedor: R$ 400 mil
Leia mais e acesse o edital

*Com informações do site da Funarte

Fonte: Cultura e Mercado

Entradas Mais Antigas Anteriores

Blog Stats

  • 151,949 hits