Sobre a valorização do músico…

*por Mariana Paes

Você que se revolta quando tem que trabalhar muito além das oito horas por dia, quando passa vários finais de semana trabalhando, quando não consegue tirar folga pra passear, descansar, estar com amigos e família. Você que acha cansativo trabalhar a noite mas às vezes precisa… Você que acha um absurdo precisar de mais de um emprego pra pagar suas contas, que se especializou com todo o amor para exercer sua profissão com ética, seriedade e competência. Você acha mesmo que um músico trabalha menos que você ou não merece ganhar um salário decente? Você acha mesmo que, como trabalha por amor, o músico deve se sacrificar sem ganhar bem e se sujeitando a condições de trabalho péssimas?

Vida de músico não tem hora, não tem dia da semana, muitas vezes não tem essa de horas de expediente e muitas vezes são dois, três, quatro trabalhos correndo paralelamente. Músico chega no lugar e nem sempre tem o melhor equipamento pra trabalhar… leva choque no microfone, improvisa com coisas que trouxe de casa porque infelizmente é comum não ter muita estrutura. Músico ama muito o que faz e muitas vezes se sujeita a coisas que, na sua vida de assalariado, seria passível de processo trabalhista… Semanas sem folga, sem sono, sem tempo pra refeições. Como não há certeza de que haja trabalho no dia seguinte, a pessoa abraça tudo que vem e nem pensa nos limites do seu corpo, mas na sua missão como artista. E não me diga que o sofrimento é uma opção… a opção do músico é amar e fazer música, não sofrer. O mercado, da forma que é, impõe essas condições e a gente se vira como dá… e tenta mudar o cenário quando possível.

Você vai mesmo continuar achando que é normal e ok explorar o trabalho do artista pagando uma Coca e uma porção de fritas? Ou pedindo como favor? Ou achando que não faz mais que a obrigação quando se desdobra pra dar conta da demanda? Que “sorte dele ter onde tocar e ainda ter público”? Você acha certo quando falam pra você que tem que engolir tudo no trabalho porque “pelo menos tem um emprego”?

Pense nisso antes de achar que artista optou por essa vida porque quer moleza…

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Verônica Costa
    jun 03, 2015 @ 17:48:55

    Mari,

    A falta da consciência das pessoas é algo incrível! Simplesmente se apegam ao “heroísmo” que as produtoras vendem dos seus artistas e muita das vezes, infelizmente, até o próprio músico, pela ética e compromisso com seu público, acaba alimentando esta ideia equivocada.
    Assim como todas as profissões, os músicos tem sua jornada exaustiva de trabalho.
    Descanso? Depende do ponto de vista! O que as pessoas entendem por descansar? As horinhas que conseguem cochilar no avião? Os cochilos no quarto de hotel,que muitas vezes é interrompido por gritos de fãs que esperam por um aceno da janela?
    Músico são seres humanos que se cansam, que adoecem, que têm dias ruins, que sentem saudade de casa, que se tivessem o poder da invisibilidade por um dia pagariam qualquer preço por ela.
    Músicos também choram!

    Adorei seu texto, Mari!!!
    Beijosss!!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog Stats

  • 146,438 hits
%d blogueiros gostam disto: