Spike Lee vai lançar documentário sobre Michael Jackson

O cineasta norte-americano Spike Lee está preparando um documentário sobre o álbum “Bad” (1987), de Michael Jackson, morto em 2009, informa a agência Associated Press.

Lee, que já trabalhou com o popstar e o considerava um amigo, afirmou que “há imagens nunca vistas anteriormente, coisas que Michael filmava ele mesmo, cenas de bastidores”. “Nós tivemos acesso irrestrito ao acervo dele”, disse o cineasta durante uma entrevista na segunda-feira (9).

Segundo o diretor, Michael escreveu 60 músicas para “Bad”, mas somente 11 entraram no disco. “Então tivemos muita coisa para ouvir, foi uma experiência ótima”, detalhou.

O documentário deve ser lançado no final deste ano, como parte das comemorações do aniversário de 25 anos de “Bad” (leia mais abaixo).

Lee contou também que o documentário mostrará o lado mais pessoal do rei do pop. “Ele tinha um senso de humor ótimo, ele era engraçado, então você verá muito disso”, revela.

Além disso, conta o diretor, haverá entrevistas com artistas, desde Kanye West a Sheryl Crow, que foi cantora de apoio na turnê de “Bad”.

“Nós dividimos o documentário em duas partes: artistas que foram influenciados por Michael e pessoas que trabalharam lado a lado com ele, músicos, compositores, técnicos e engenheiros de áudio, gente de gravadora.”

Lee ainda planeja um tributo a Michael Jackson no Brooklyn, em Nova York, em 25 de agosto –no dia 29, ele completaria 54 anos.

25 ANOS DE “BAD”

“Bad”, sétimo disco de estúdio de Michael Jackson, ganhará uma reedição especial com material inédito –em áudio e vídeo– em comemoração ao aniversário de 25 anos de seu lançamento.

O pacote de luxo chamado “Bad 25” inclui três CDs, um DVD e um booklet, e deve chegar às lojas em 18 de setembro.

De acordo com o semanário musical “NME”, no DVD entrarão imagens inéditas do arquivo pessoal do rei do pop, morto em 2009, gravadas durante um show para 72 mil pessoas –entre elas a princesa Diana– no estádio de Wembley, em Londres, em 16 de junho de 1988.

Será o primeiro show da turnê “Bad” a ganhar um lançamento oficial. Segundo comunicado oficial, o vídeo não terá cortes.

O áudio desse show e uma versão remasterizada do “Bad” original estarão no pacote. Gravações demo e músicas que não entraram na edição final do disco original estarão compiladas no terceiro CD.

Capa do disco "Bad", de Michael Jackson, que completa 25 anos

Fonte: Folha de S. Paulo

Artista pinta retratos realistas usando apenas os dedos

por Rafael Gazzarrini

 

Não é todo dia que você pode se impressionar com uma “simples” pintura ou demonstração de arte. No entanto, Chuck Close é um daqueles artistas com a habilidade de surpreender as pessoas em qualquer hora e em qualquer dia, apenas mostrando o seu talento.

O retrato do início desta notícia foi feito por ele e se chama “Fanny/Fingerpaiting” — tendo como “personagem” a avó de sua esposa, em 1985. O mais espantoso é que essa pintura em óleo sobre tela parece (e muito) com uma fotografia, mas foi pintada usando apenas os dedos do artista.

A técnica foi desenvolvida pelo próprio Chuck Close e se resume em pressionar os dedos cheios de tinta sobre a tela, deixando certos locais mais escuros ou mais claros. Além disso, Close tem a habilidade de recriar texturas, marcas e até mesmo fumaça — o que é realmente extraordinário.

Se você também achou incrível e ficou interessado no trabalho do artista, confira a nossa galeria abaixo e continue a admirar as “pinturas com o dedo”. No site do artista, você pode encontrar diversos outros trabalhos, inclusive em outras técnicas.

Fonte: Tec Mundo

Norah Jones desembarca no Brasil em dezembro

A cantora e pianista americana Norah Jones desembarca no Brasil em dezembro com sua nova turnê. Ela fará três shows no país: no dia 12, em Porto Alegre, no dia 15, em São Paulo, e no dia 16, no Rio. Norah apresentará seu novo disco, “Little Broken Hearts”. A produtora XYZ Live não confirma.

Fonte: Coluna da Mônica Bergamo – Folha de S. Paulo

Vencedora do prêmio Tony é escolhida para viver Janis Joplin no cinema

Uma atriz vencedora do prêmio Tony foi a escolhida para viver Janis Joplin no cinema, informa o site “Deadline”. Nina Arianda viverá a cantora na cinebiografia “Joplin”, que será dirigida por Sean Durkin e produzida de maneira independente.

O longa será focado nos últimos seis meses de vida da cantora, que morreu em 1970. A produção do filme –que custará menos de US$ 20 milhões (aproximadamente R$ 41 milhões)– começa no início de 2013.

Vencedora do prêmio Tony –o mais importante do teatro americano– de melhor atriz neste ano pela peça “Venus in Fur”, Arianda teve um papel no filme “Meia-Noite em Paris”, de Woody Allen.

Durkin, por sua vez, é mais conhecido pelo filme “Martha Marcy May Marlene”, que lhe valeu o prêmio de melhor diretor no Festival de Sundance de 2011.

O produtor Peter Newman afirmou que a atriz cantará as músicas de Joplin no filme.

Fonte: Folha de S. Paulo

Alanis Morissette fará oito shows no Brasil.

A Time For Fun divulgou que Alanis passará pelo Brasil no mês de setembro para oito apresentações da turnê que divulgará o álbum ‘Havoc and Bright Lights’.

Os shows acontecerão nos dias 2 e 3 em São Paulo, dia 5 em Curitiba, dia 7 no Rio de Janeiro, dia 9 em Belo Horizonte, dia 12 em Recife e no dia 16 em Goiânia.

Informações sobre valores e venda de ingressos: http://bit.ly/Mfep2k

Blog Stats

  • 167.044 hits