Biografia mais completa sobre Frida Kahlo chega ao Brasil com 30 anos de atraso

por Estela Cotes

Uma das imagens que ilustram o livro

A imagem de Frida Kahlo percorre o imaginário mundial depois de tantas reproduções de seus retratos, quase como um Che Guevara do México. Material não falta para remontar sua trágica história pessoal, além  das obras em tela. No Brasil, no entanto, não existia ainda o que chamam de “biografia definitiva” da artista mexicana, lançada oficialmente em 1983. “Frida – A Biografia” (Ed. Globo, 624 págs., R$ 64,90), da norte-americana Hayden Herrera chegou finalmente por aqui no final de outubro.

A diferença deste livro para as inúmeras opções na prateleira é a pesquisa. A escritora teve acesso ao diário de Frida e às cartas redigidas na infância. Entrevistou mais de cem pessoas, como Alejandro Gómez, o primeiro namorado, e Isamu Noguchi, escultor japonês e amante da pintora.

A personalidade forte, a inquietação mesmo diante da fragilidade física e os inúmeros romances. Nada escapa neste profundo mergulho na vida da artista, como o dia em que Noguchi fugiu da casa da mexicana antes de ser pego por Diego Rivera.

Hayden Herrera como historiadora de arte também interpreta e analisa a obra de Frida. A autora salienta a forte identificação das pessoas com o trabalho da pintora através do sofrimento. Para a norte-americana, todo mundo se interessa pelas aflições alheias. E deste assunto Frida Kahlo entendeu bem. Tragédia não faltou na sua vida: a perda do útero em um acidente de ônibus e as inúmeras traições de Diego Rivera são apenas dois exemplos.

Momentos polêmicos que se tornaram mito no México também são desvendados neste livro. Herrera investiga inclusive o mito de que Frida teria participado do espancamento de uma jovem lésbica que havia se interessado por ela, além de trazer detalhes sobre o romance com Leon Trotsky. “Frida – A Biografia” não traz novidades em imagens, as fotos escolhidas no livro já foram vistas em outras publicações. Seu texto balizou as filmagens de Julie Taymor para o longa estrelado por Salma Hayek e é sem dúvida a obra mais completa sobre a artista. Pelo menos até agora.

Fonte: Colherada Cultural

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog Stats

  • 150,968 hits
%d blogueiros gostam disto: