A tecnologia da arte e a arte da tecnologia

por Mariana Paes

Desde novembro de 2011, estou trabalhando com a comunicação de algumas empresas de TI, algumas delas focadas no mercado do entretenimento. Venho tendo oportunidades incríveis de estar em contato com profissionais que trabalham nessa indústria há anos e estão em constante processo de estudo e treinamento, para conseguirem acompanhar todos os avanços das últimas duas décadas.

Pesquisando dados para um release sobre áudio dos grandes filmes, encontrei uma referência à Steven Spielberg, que afirma que o áudio é o maior feito do cinema contemporâneo. O cara tem conhecimento de causa… seus filmes sempre levam às telas novidades produzidas por meio de alta tecnologias, com efeitos sonoros de tirar o fôlego.

Tive a imensa sorte de ir a um renomado estúdio onde o áudio das maiores produções audiovisuais do Brasil é trabalhado. São inúmeras pessoas, inúmeros botões, softwares, terabytes de dados, fuxos de trabalho complexos e talento! A conversa com um especiaista em equipamentos para áudio profissional despertou algo diferente em mim quanto ao trabalho do pessoal de som para filmes: o ofício não é algo técnico, é uma arte!

Compreender o espírito de cada cena para trabahar o áudio de forma a transportar o espectador para a história é algo que demanda extrema sensibilidade. Saber a intensidade que cada som deve ter, limpar o áudio de cenas externas, dar dinãmica e ritmo à narrativa, criar suspense, despertar sensações…

E o Brasil tem profissionais que fazem parte de um seleto grupo de renomados engenheiros e técnicos de áudio que trabalham no setor audiovisual, mesmo com a ainda embrionária profissionalização do setor. Felizmente, algumas poucas empresas do setor estão se mobilizando para trazer especiaistas ao Brasil para atualizar nossos profissionais quanto ao uso eficiente e pleno das ferramentas tecnológicas disponíveis.

Nas minhas próximas visitas ao cinema, certamente meus ouvidos começarão a perceber os sons de maneira diferente.

Audições Rei Leão

O Rei Leão - Condições Gerais

CONDIÇÕES GERAIS DE PARTICIPAÇÃO

Audições:

1ª audição:

  • São Paulo – 04 a 08 de junho de 2012
  • Rio de Janeiro – 10 a 12 de junho de 2012
  • Salvador – 13 a 16 de junho de 2012

2ª audição (call back):

  • São Paulo – 13 a 19 de agosto de 2012

3ª audição (final):

  • São Paulo – 12 de setembro a 10 de outubro de 2012

Ensaios (datas a confirmar):

  • São Paulo – 07/01/2013 a 03/03/2013
  • Carga horária: 10 horas/dia aproximadamente
  • 6 dias/semana
  • 1 folga semanal

Estréia:

  • Março de 2013 (data a confirmar)
  • Teatro Abril – São Paulo

Apresentações:

  • A definir e confirmar
  • Poderão ser agendadas récitas extras em horários/dias diferentes dos estabelecidos como temporada, as quais serão comunicadas com antecedência de até 1 semana anterior à data da récita, respeitando uma folga semanal.

Informações Gerais:

  • O valor a ser pago e a forma de pagamento (para ensaio e temporada) será informado após o término das audições, momento em que o candidato aprovado receber a minuta do contrato com todas as informações pertinentes ao projeto.
  • A produção do espetáculo não será responsável por nenhum tipo de despesa do candidato no período de audições, ensaios e temporada, tais como: transportes, hospedagem, alimentação, traslados, despesas medicas, dentre outros.
  • A contratação do candidato aprovado seguirá as políticas de contratação da produtora. O contrato só poderá ser firmado após a entrega de todos os documentos solicitados, estando o profissional aprovado ciente que não poderá iniciar os ensaios sem a assinatura do contrato.
  • É necessário que o candidato(a) esteja disponível para a produção nos períodos acima mencionados de audição, ensaios e temporada.
  • O candidato deverá estar de acordo com todas as condições para participar das audições.

Para mais informações, acesse: http://atores.t4f.com.br/

Blog Stats

  • 167.402 hits