AOS CANTORES E ALUNOS DE CANTO: Dicas básicas sobre como montar seu repertório

Olá, pessoal.

Estou em um novo trabalho e por isso andei sem tempo para escrever sobre técnica vocal e dicas para cantores profissionais e amadores.

Nesse início de ano, muitos alunos aproveitam para rever seu repertório… tirar músicas que já estão satiuradas, colocar músicas novas, realinhar o estilo, adequar a novas metas! E aí eu começo a ouvir com certa frequência uma pergunta básica, que eu mesma sempre fiz aos meus professores: como montar meu repertório, prof?

Como diria Jack, vamos por partes. O repertório deve ser dividido em repertório para estudo e repertório para show. E o motivo disso é tão simples porém muito pouco abordado: nem toda música que faz sucesso com o público agrega alguma coisa na técnica vocal ou de interpretação!

Para o repertório de estudo, com ajuda do professor:

1 – Separe músicas que explorem detalhes nos quais você tem dificuldades, nem sempre necessários para cantar os hits em shows. Algumas das dificuldades frequentes que exigem maior dedicação e atenção na escolha das músicas para estudo são: tessitura dos falsetes, extensão vocal, controle da nasalidade, uso do palato, apoio diafragmático, respiração, vibratos, volume dos graves, controle da intensidade dos agudos, drive, ritmo e dinâmica.

2 – Inclua músicas que você ainda não cantou muito. Quando você já está acostumado a cantar a música, mesmo que só embaixo do chuveiro, seu organismo já fica ligado no “automático” na hora de cantar, dificultanto o uso das técnicas que seu professor passar. Fica mais fácil cantar uma música diferente e depois encaixar no seu repertório habitual a técnica aprendida. É um jeito de driblar a resistência do seu cérebro a mudar a forma de cantar.

3 – Muitos hits que a gente tem de cantar em shows pouco agregam à técnica, porque não exigem muita coisa. Então, se você curte músicas com linha melódica simples e repetitiva, interpretadas com muito exagero, que demandam mais dancinhas do que voz, com muitos vocais rasgados, agudos estridentes ou gritos ensurdecedores, pense bem antes de incluir no repertório de estudo. Essas músicas podem cansar a sua voz e não ensinar muito sobre técnica, salvo algumas excessões que devem ser discutidas com seu professor.

4 – Não comece seus estudos com a música que mais judia de você! Por exemplo: se você está enlouquecido pra cantar falsetes incríveis, comece com músicas que utilizem esse recurso em alguns pontos específicos da música, não em tudo! Assim você vai aprendendo aos poucos, pode se aperfeiçoar e, ao chegar na música mais difícil, já vai ter avançado bastante na técnica.

5 – Se a música empacar durante os estudos, peça pra trocar por outra que exija mais ou menos os mesmos recursos técnicos. A gente acaba bloqueando nossa evolução quando implica com a música ou acha que é difícil demais. Deixe a canção em stand by e volte depois de ter estudado outra… você vai ver que, só o fato de ter estudado outra música com os mesmos detalhes, já ficará mais fácil.

Deu pra sacar?

Bom, já pro repertório de show, a regra é única: escolha o que você gosta de cantar e as pessoas gostam de ouvir, respeitando os limites da sua voz e do seu corpo. Ensaie sempre em pé, se possível com um microfone (pode estar desligado, mais para se acostumar em ter o mic na mão e não correr o risco de tirar ele da boca no meio da música) e já experimente formas de interpretar, se movimentar e dançar. Assim vai saber se aguenta pular como a Ivete ou prefere um banquinho como a Cássia Eller.

Curtiram?

Tem mais dúvidas quanto a repertório!? Coloquem nos comentários que depois faço um apanhado geral das dúvidas para compartilhar as respostas com todos.

Um 2012 com muita música e luz pra vocês. Obrigada por prestigiarem o blog e interagirem de forma tão legal!

Beijo,

Mariana Paes
Editora do Catarse Musical

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. ruan
    fev 10, 2014 @ 18:10:22

    bom demais

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog Stats

  • 167.696 hits
%d blogueiros gostam disto: