Primeiras gravações dos Beatles serão lançadas em CD

As gravações mais antigas dos Beatles, que contam com a participação do vocalista britânico Tony Sheridan, serão lançadas em um CD duplo no dia 8 de novembro nos Estados Unidos.

O disco, “The Beatles With Tony Sheridan: First Recordings”, vai trazer os registros do grupo em Hamburgo, na Alemanha, no ano de 1961, época em que Pete Best ainda era baterista da banda.

Com faixas como “Ain’t She Sweet” e “Cry For a Shadow”, o álbum terá um encarte com fotos raras, contratos dos Beatles e pôsteres de seus primeiros shows.

Fonte: Kiss FM

A grande visão de Stevie Wonder

por Mariana Paes

Passei minha infância ouvindo de tudo um pouco. No som três em um aqui de casa (aquele lindo com dial iluminado, fita K7 e toca discos) os mais pedidos eram Queen, Milton Nascimento, Simply Red, A-ha, Michael Jackson, Elis Regina, Secos e Molhados e músicas internacionais estilo “Alpha FM” que ainda me fazem sentir o cheiro do lustra móveis que mantinha impecável a estante onde ficava o aparelho.

Ontem senti de novo esse cheiro… assistindo Stevie Wonder ao vivo no Multishow. Quase dormi várias vezes enquando assistia Didi Wagner e Luisa Micheletti enrolarem com muita classe… o astro da noite estava ligeiramente atrasado. Lutei contra o sono e fui presenteada com o show mais incrível que tive o prazer de assistir.

Nem eu tinha consciência de que conhecia TUDO do Stevie Wonder, mas sempre adorei, parei pra ouvir e ver… fez parte do meu “amadurecimento musical” e hoje, como professora de canto, vejo o quanto tive sorte em ter uma influência musical como esse encantador artista.

Acompanhei quase todos os shows do Rock in Rio pela TV, vi artistas pularem, dançarem, rebolarem, forçarem um pouco a barra no mis en cene, fazer a platéia vibrar mas ninguém manteve a multidão hipnotizada como Stevie Wonder. Era uma energia tão incrível que senti mesmo não estando lá, que notei no olhar das backing vocals (competentíssimas) e na empolgação do artista que convocou a platéia pra cantar em vários momentos, sentindo que todos estavam envolvidos de corpo e alma naquele momento.

Comento com meus alunos de canto que é muito importante conseguir cantar com o coração, que temos que nos despir de preconceitos, medos e deixar transbordar sentimento pra que a platéia compreenda o motivo de estarmos ali. Escolhi a arte por esse poder de tocar a vida das pessoas e ontem tive absoluta certeza de que Stevie escolheu essa carreira pelo mesmo motivo.

Quem não teve oportunidade de ver, abaixo tem um dos meus trechos preferidos:

MinC divulga habilitação à categoria C do Edital de Estímulo ao Circo, à Dança e ao Teatro

O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura (Sefic) e da Fundação Nacional de Artes (Funarte), divulga hoje (27) a lista dos habilitados e inabilitados da categoria C (Substituição de Lona Circense e/ou Acessórios) do Edital Procultura de Estímulo ao Circo, à Dança e ao Teatro.

A ação tem a finalidade de aprimorar, desenvolver e consolidar as linguagens de circo, dança e teatro a partir da ampliação de sua capacidade de produção, difusão, circulação e estruturação.

Lista de Habilitados – Categoria C
Lista de Inabilitados – Categoria C

De acordo com o item 7.7 do Edital, os inabilitados têm até o próximo dia 4 outubro para interposição de recursos, mas que, por conta da greve dos Correios, deverão encaminhar o formulário para o endereço eletrônico: circo.funarte@gmail.com.

Formulário de Recurso
Edital

A lista dos habilitados e inabilitados nas categorias Produção Artística (A) e Programação de Espaços Cênicos (B) deste edital foi divulgada no dia 16 de setembro, assim como o resultado da fase de habilitação de outros quatro editais Procultura: Prêmio Palcos Musicais Permanentes; Prêmio de Apoio a Festivais e Mostras de Música; Prêmio de Estímulo às Artes Visuais; e Prêmio de Apoio à Banda de Música.

Clique aqui e confira os demais resultados e também as novas informações inseridas em decorrência da greve dos Correios.

Mais informações:
– Atendimento ao Proponente: (61) 2024.2082 e Fale com a Cultura.

Fonte: Ministério da Cultura

Representantes da cultura de SP pedem fundo estadual para o setor

A Comissão de Educação e Cultura da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo debateu nesta quarta-feira (28/9) a equiparação entre recursos aplicados anualmente no Programa de Ação Cultural (ProAc), da Secretaria da Cultura, a criação do Fundo Estadual de Cultura e a realização da Conferência Estadual de Arte e Cultura.

A audiência pública Orçamento e Cultura teve a presença de representantes de diversos segmentos como teatro, samba e dança, além de autoridades municipais da área cultural.

O presidente da comissão, deputado Simão Pedro (PT), lembrou que está prevista redução no orçamento para a cultura, que passará da média anual de 0,72% para 0,51%.

Carlos Gianazzi (PSOL) anunciou ter apresentado Proposta de Emenda à Constituição elevando o percentual orçamentário destinado à cultura a 2%, e disse que há proposta para que esse percentual seja aplicado também no orçamento federal.

O Programa de Ação Cultural (ProAc), da Secretaria Estadual de Cultura, criado pela Lei 12.268/2006, é dividido em duas formas de patrocínio. O ProAc Edital é uma seleção pública de projetos cuja premiação é proveniente de recursos orçamentários da secretaria. Já o ProAc-ICMS é um patrocínio feito por empresas contribuintes, com recursos de incentivo fiscal (ICMS), a projetos previamente aprovados pela secretaria.

Reivindicações – Os representantes culturais presentes na audiência pediram mais transparência nos editais e no uso de verbas públicas por organizações sociais que administram equipamentos culturais.

Foi pedida a destinação de um terço do valor para entidades do interior do Estado, e que a verba seja dirigida a todas as manifestações culturais. Como o valor previsto para o Proac-ICMS de 2011 era de R$ 60 milhões (suplementado em agosto até o limite de R$ 93 milhões), enquanto que para o ProAc Edital a previsão era de R$ 40 milhões, também é reivindicada a equiparação dos valores.

Os participantes querem urgência na votação do PL 711, de 2004, que autoriza a criação do Fundo de Arte e Cultura no Estado de São Paulo, pois estimula a pesquisa, criação e divulgação das atividades artísticas e culturais da sociedade, ao incentivar a criação de programas públicos.

Democratização da cultura – O representante do Ministério da Cultura, Valério Bemfica, declarou que trabalha para aumentar os recursos destinados ao Fundo Nacional de Cultura e implantar o Sistema Nacional de Cultura. “Quando tivermos um fundo com mais recursos, eles serão distribuídos entre os municípios, que, para ter direito à verba, deverão constituir um fundo municipal que cumpra com a condições estipuladas para ter acesso à verba. Terão de ter conselho de cultura eleito e deliberativo além de realizar conferências e criar órgãos gestores para a área. Fundo, conselho e conferência são o tripé que vai gerar democratização da cultura no Brasil”, disse.

Deliberações – Na reunião ficou decidido que a Comissão de Educação e Cultura vai elaborar emenda ao projeto do Orçamento 2012 para que sejam aumentados os recursos do ProAC nos editais, gerando mais recursos diretos para a cultura. Será formada comissão dos movimentos e entidades presentes à audiência para comparecer a uma reunião do Colégio de Líderes para solicitar a tramitação e aprovação do Projeto de Lei 711/2004.

Foram aprovados os pareceres dados aos Projetos de Lei 903/2003, 123/2005, e 503/2011, além dos seguintes requerimentos: da deputada Leci Brandão(PCdoB), para a realização de audiência pública sobre os Clubes Sociais Negros no Estado; de Carlos Giannazi, visando a discussão do fechamento do Cine Belas Artes, na Capital; de enio Tatto (PT), a realização do I Fórum sobre Pesquisa Científica em Iniciação Esportiva na Escola e no Clube, a ser realizado dias 21 e 22/10.

*Com informações do site da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

Fonte: Cultura e Mercado

Blog Stats

  • 167.433 hits