Crescem os rumores da turnê de 50 anos dos Rolling Stones

Com a notícia de uma reunião dos quatro membros do Rolling Stones na última quinta-feira (8) em um prédio em Londres, cresceram os rumores de uma turnê comemorativa dos 50 anos da banda em 2012. As informações são do site Gig Wise.

No começo do ano, Keith Richards já havia comentado sobre a possível celebração da banda. “A ideia está ai. Nós meio que sabemos que devemos fazer isso, mas ninguém ainda colocou o dedo no momento certo”, disse o guitarrista para o tabloide The Sun na época.

O primeiro show dos Rolling Stones aconteceu no dia 12 de julho de 1962. A última turnê, The Bigger Band, foi concluída em 2007.

Atualmente o vocalista Mick Jagger está trabalhando com Joss Stone e Damien Marley no grupo Superheavy, enquanto Richards anunciou a volta de seu grupo de reggae, X-pensive Winos.

Fonte: Terra

Divulgada lista dos 15 filmes brasileiros candidatos a uma vaga no Oscar

O Ministério da Cultura divulgou hoje (12) a lista dos 15 filmes brasileiros inscritos para concorrerem à vaga de melhor filme estrangeiro na premiação do Oscar.

A lista é composta pelos filmes: Assalto ao Banco Central, Bruna Surfistinha, As Mães de Chico Xavier, Tropa de Elite 2, A Antropóloga, Estamos Juntos, Família Vende Tudo, Federal, Vips, Histórias Reais de um Mentiroso, Malu de Bicicleta, Mulatas! Um Tufão nos Quadris, Quebrando o Tabu, Trabalhar Cansa e Lope.

A Comissão Especial de Seleção responsável pele escolha do filme será composta pela secretária do Audiovisual do Ministério da Cultura, Ana Paula Dourado Santana, o presidente da Associação Brasileira de Cinematografia, Carlos Eduardo Carvalho Pacheco, o ministro do Departamento Cultural do Itamaraty, George Torquato Firmeza, e os representantes da Academia Brasileira de Cinema, Jorge Humberto de Freitas Peregrino, Nelson Hoineff, Roberto Farias e Silvia Maria Sachs Rabello.

O filme escolhido representará o Brasil na disputa pelo melhor filme estrangeiro.

* Com informações da Agência Brasil.

Fonte: Cultura e Mercado

Promotor tenta barrar megashows no Estádio do Morumbi

por Elvis Pereira

As apresentações dos cantores Justin Bieber e Eric Clapton e da banda Pearl Jam no Estádio do Morumbi, na zona sul de São Paulo, estão ameaçadas. O Ministério Público não quer que a Prefeitura autorize nenhum megashow ali enquanto o espaço não ganhar uma proteção acústica. Segundo o MP, a estrutura é necessária para que o som fique dentro do limite permitido e, assim, não incomode os moradores do entorno.

A Secretaria Especial de Controle Urbano soube da posição do MP em julho deste ano por meio de uma recomendação enviada pelo promotor Gilberto Leme Marcos Garcia. No documento, emitido no dia 14 daquele mês, ele pede ao Departamento de Controle do Uso de Imóveis (Contru) que, dali em diante, não fossem mais concedidos alvarás para shows no estádio.

A principal argumentação do promotor é de que o São Paulo, dono do estádio, descumpriu o termo de ajustamento de conduta firmado em 15 de setembro de 2009. Nele, o clube comprometia-se a impedir “toda e qualquer atividade, esportiva ou não, das 22 horas às 8 horas do dia seguinte, nas praças, esportivas ou não, desprovidas de proteção acústica”.

O acordo, acusa o promotor, foi desrespeitado nos 12 shows realizados do ano passado para cá, entre eles o do cantor Bon Jovi e da banda Rush. O último a causar problemas foi o da banda irlandesa U2, que se apresentou por três dias no estádio em abril. Nos três dias, segundo o MP, o Psiu constatou que o som ultrapassou o limite permitido por lei.

A irregularidade no show do U2 implicou multa de R$ 3 mil ao São Paulo Futebol Clube, de acordo com o promotor. A notificação foi feita pelo próprio MP e o dinheiro, depositado em uma conta do Fundo Estadual de Direitos Difusos, da Secretaria Estadual de Justiça.

“Eles têm um projeto de estrutura acústica, que levaria um tempo para ser construído. Mas eles não apresentam nenhum cronograma para início das obras. E, à parte disso, poderiam fazer uma obra acústica ainda que provisória”, explicou Garcia. “O MP não é contra os megashows pura e simplesmente. É contra a forma que são organizados.”

A recomendação do MP não equivale a uma decisão judicial. Porém, permite à instituição exigir da Prefeitura o cumprimento das leis. Portanto, se o governo decidir autorizar os shows no estádio apesar da observação, a Promotoria pode entrar com ações na Justiça contra o governo municipal e contra o São Paulo por desrespeitar as leis municipais.

Procurado ontem, o Contru informou que não se manifestaria sobre o assunto. O São Paulo Futebol Clube não respondeu à reportagem. O presidente São Paulo Turismo, Caio Luiz de Carvalho, também não atendeu à reportagem. Em artigo publicado na Folha de S. Paulo no domingo, ele criticou a medida e defendeu que o estádio é único espaço seguro para megashows na cidade.

Fonte: Jornal da Tarde

MinC redefine regras de distribuição de projetos entre peritos

A Portaria nº 83, do Ministério da Cultura, publicada nesta segunda-feira (12/9), no Diário Oficial da União (seção 1, páginas 2 a 5), redefine as regras de classificação e distribuição de projetos ou produtos culturais entre os peritos, para análise e emissão de pareceres técnicos em projetos culturais do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac).

O normativo estabelece definições, conteúdo a ser abordado no parecer, prazos de emissão, critérios de pagamento, impedimentos para receber projetos, sanções em caso de descumprimento das regras, assim como as competências de cada unidade técnica do MinC e suas entidades vinculadas envolvidas na condução dos procedimentos.

“A portaria sistematiza e simplifica procedimentos, redefine critérios e regras mais objetivos e traz maior transparência ao processo. O resultado é fruto de uma avaliação do primeiro ano de funcionamento do sistema com uma readequação do MinC ao contexto de mercado de pareceres em projetos culturais no país”, disse o secretário de Fomento e Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura, Henilton Menezes.

A aplicação dos critérios e regras é válida para projetos ou produtos distribuídos a partir da data de sua publicação no DOU. A Sefic tem o prazo de até 120 dias para adequar os procedimentos operacionais previstos no documento ao Sistema de Apoio às Leis de Incentivo à Cultura (SalicWeb).

Com a publicação da Portaria nº 83, ficam revogadas as Portarias nº 27, de 19 de março de 2010, e a Portaria nº 97, de 31 de agosto de 2010.

Banco de Pareceristas – No último Edital de Credenciamento, o Ministério da Cultura recebeu um total de 1.160 inscrições e 55 pedidos de recursos. As inscrições e os recursos foram analisados pela Comissão de Avaliação de Credenciamento, que conta com representantes das Secretarias do MinC, das instituições vinculadas e de pessoas de notório saber.

A seleção levou em conta o nível de qualificação de acordo com a pontuação obtida pelo somatório dos requisitos de experiência e formação dos candidatos nos segmentos culturais por eles escolhidos. Os candidatos aprovados assinaram Termo de Compromisso com o Ministério da Cultura e passaram a fazer parte do Banco de Pareceristas, sendo requisitados para avaliar os projetos culturais apresentados ao Pronac, de acordo com a demanda para as áreas para as quais tenham sido credenciados.

*Com informações do site do MinC

Fonte: Cultura e Mercado

Blog Stats

  • 167.433 hits