Festival Europalia 2011 homenageia Brasil

A ministra Ana de Hollanda participou na terça-feira (21/6), em Bruxelas (capital da Bélgica e da União Europeia), do lançamento oficial do festival Europalia. O Brasil é o convidado da edição 2011 do evento, um dos mais tradicionais festivais culturais realizados na Europa, notabilizando-se pela extensa programação artística proposta em conjunto com o país convidado.

Com expectativa de atrair até 2 milhões de visitantes, o Europalia.Brasil 2011 começa em 4 de outubro e deverá coincidir com a abertura da Cúpula Brasil-União Europeia. Haverá mais de 300 atividades na Bélgica e países limítrofes.

O festival dará continuidade às ações do governo federal para a projeção externa da cultura brasileira contemporânea e será o primeiro grande evento cultural internacional da presidenta Dilma Rousseff, que deve comparecer à cerimônia de abertura acompanhada do Rei da Bélgica e do Presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso.

O Europalia.Brasil – Arte e Cultura Brasileiras na Europa prevê 18 exposições em 15 museus e espaços culturais de referência; 127 shows envolvendo45 grupos de música e/ou músicos brasileiros; 40 apresentações de nove grupos teatrais brasileiros; 57 apresentações de 11 grupos de dança, 90 palestras e conferências nas áreas de literatura, ciências sociais; artes; arquitetura, design e audivisual; mostras retrospectivas do cinema brasileiro e programação audiovisual complementar aos eventos; 90 palestras e conferências nas áreas de literatura; ciências sociais; artes; arquitetura, design e audiovisual; e mesa-redonda Brasil-União Européia de artistas e autoridades da cultura e itinerâncias complementares dos grupos convidados no continente europeu.

“Os eventos, as exposições e os seminários a serem apresentados têm como objetivo descortinar o empenho da alma e do pensamento brasileiro na consolidação de suas contribuições aos campos da arte e do conhecimento no âmbito de um horizonte global”, explica o curador-geral do festival, Adriano de Aquino.

A programação proposta pela parte brasileira foi elaborada em conjunto com instituições belgas participantes do Festival tendo como foco o público-alvo que acompanha sua programação desde 1969.

Para coordenar o projeto do Brasil foi criado um comissariado brasileiro presidido pelo secretário de Políticas Culturais do MinC, Sérgio Mamberti. O comissariado,integrado por representantes do MinC e do Ministério das Relações Exteriores, tem a função de organizar o programa das distintas áreas e curadoria. Além de Adriano de Aquino, como curador-geral, a área de Música terá curadoria de Benjamin Taubkin; de Teatro e Dança, de João Carlos Couto; de Literatura e Conferências, de Flora Süssekind; e de Audiovisual, da Cinemateca Brasileira.

O Europalia, realizado desde 1969, já homenageou 18 países em suas 22 edições, com média de um milhão de visitantes. Nos últimos anos, Itália (2003), Rússia (2005), Europa (2007) e China (2009) foram as nações convidadas.

*Com informações do site do MinC

Fonte: Cultura e Mercado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog Stats

  • 167.723 hits
%d blogueiros gostam disto: