Cine Ceará divulga lista de filmes da mostra competitiva de 2011

A 21ª edição do Cine Ceará, festival ibero-americano de cinema que acontece de 8 a 15 de junho em Fortaleza e Juazeiro do Norte, teve divulgada sua lista de filmes da mostra competitiva de 2011.

Nove longas-metragens e 12 curtas foram selecionados e estarão na disputa do troféu Mucuripe. De acordo com a organização do evento, todos os filmes são inéditos no Brasil e o país lidera a lista com três títulos: O Coro, de Werner Schumann (escolhido como filme de abertura do festival), Homens com Cheiro de Flor, de Joe Pimentel, e Mãe e Filha, de Petrus Cariry.

Ainda na lista estão o documentário espanhol Bicicleta, Maçã, Colher, de Carles Bosch, além de Pássaros de Papel, de Emilio Aragon. Todos teus mortos, de Carlos Moreno, representa a Colômbia. Da Argentina, será exibido Língua Materna, de Liliana Paolinelli. Cuba (Boleto ao Paraíso, de Gerado Chijona) e México (Assalto no Cinema, de Iria Gómez) também foram selecionados. A mostra competitiva de curtas-metragens brasileiros terá 12 títulos (de sete estados).

“Como é tradição no Cine Ceará, procuramos contemplar a diversidade da produção cinematográfica ibero-americana, sem deixar de fora o mercado, mas priorizando a qualidade dos filmes”, explica Wolney Oliveira, diretor executivo do festival, em comunicado oficial. “O Cine Ceará traz a oportunidade de assistir a títulos inéditos que talvez não fossem exibidos por aqui ou que demorassem a chegar – no caso dos filmes internacionais – se não fosse pelo festival, além de contemplar uma produção nacional ainda desconhecida, mas merecedora de atenção.”

O evento neste ano acontecerá em duas cidades. Além de Fortaleza, Juazeiro do Norte também vai exibir parte da programação no Memorial Padre Cícero. Outra novidade é que em Fortaleza o Cine Ceará migra do tradicional Cine São Luiz, em obras, para o Theatro José de Alencar. A edição 2011 terá como tema “Religião e Religiosidade no Cinema”. Mais informações no site oficial.Veja abaixo os títulos que integram a mostra competitiva:

Mostra Competitiva Ibero-americana de Longas Metragens
Assalto no cinema, de Iria Gomez (México)
Bicicleta, maçã, colher, de Carles Bosch (Espanha)
Boleto ao paraíso, de Gerado Chijona (Cuba)
Homens com cheiro de flor, de Joe Pimentel (Brasil)
Língua materna, de Liliana Paolinelli (Argentina)
Mãe e filha, de Petrus Cariry (Brasil)
O coro, de Werner Schumann (Brasil)
Pássaros de papel, de Emilio Aragón (Espanha)
Todos teus mortos, de Carlos Moreno (Colômbia)

Mostra Competitiva Brasileira de Curtas Metragens
A casa das horas, de Heraldo Cavalcanti (CE)
Com a mosca azul, de César Netto (SP)
Doce de coco, de Allan Deberton (CE)
Engole logo uma jaca então, de Marão, Tiago MAL, Guilherme Coutinho, Alex Antunes, Soldado, 1berto Rodrigues, Diego Akel e Andrei Duarte (RJ)
Fábula das três avós, de Daniel Turini (SP)
Julie, agosto, setembro, de Jarleo Barbosa (GO)
Meu medo, de Murilo Hauser (PR)
O acaso e a borboleta, de Tiago Américo (PR)
O céu no andar de baixo, de Leonardo Cata Preta (MG)
O plantador de quiabo, do Coletivo Santa Madeira (SP)
Pegadas de Zila, de Valério Fonseca (RJ)
Um Conto à Deriva, de Germano Oliveira (RJ)

Fonte: Rolling Stone Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog Stats

  • 167.689 hits
%d blogueiros gostam disto: