Votação decide que cidade de Embu terá oficialmente o nome de “Embu das Artes”

Um plebiscito decidiu neste domingo (1) que a cidade de Embu, em São Paulo, vai adotar oficialmente o nome de Embu das Artes.

Os eleitores do município foram convocados às urnas para responderem a questão: Você é a favor da alteração do nome da cidade de “Embu” para “Embu das Artes”? Segundo informações da prefeitura, cerca de 66% dos votos optaram pelo “sim”, contra cerca de 33% que votaram “não”. Aproximadamente 3 em cada 10 eleitores não compareceram à votação.

A votação foi definida em fevereiro deste ano pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) no convênio firmado com a Prefeitura de Embu. A campanha pelo “sim” e pelo “não” estava marcada para começar no último dia 14 –mas apenas o comitê favorável à mudança solicitou registro. Ou seja: nas ruas, só se viu campanha de uma das partes.

De acordo com o TRE-SP, estavam aptos a votar apenas os eleitores que possuem título regularmente inscrito no município –as zonas e seções eleitorais eram as mesmas de um pleito comum, e a votação aconteceu das 8 às 17h. Quem se ausentou terá até 20 dias para a justificativa.

“Reforço da marca”

O nome Embu das Artes ganhou notoriedade na cidade no final da década de 1960, ainda que a ligação com as artes ocorra desde a convivência de jesuítas e índios que a habitavam, no século 16. Hoje, a cidade é famosa pela “Feira de Embu das Artes”, no fim de semana, uma das principais em artesanato e arte do Brasil e também importante fonte de renda do local.

Em entrevista ao UOL Notícias antes da votação, o prefeito de Embu, Chico Brito, afirmou que a mudança seria uma forma de se evitarem confusões com o município de Embu-Guaçu, também na região metropolitana e distante cerca de 30 km de sua quase homônima. Porém, ele admite: o objetivo econômico, com o reforço de um traço turístico do município, é o pano de fundo do pleito.

“Houve sim uma demanda das lideranças e de artistas locais em oficializar o nome Embu das Artes, por conta disso a Assembleia Legislativa aprovou que se faça uma alteração na Constituição do Estado e o convênio com o TRE foi assinado”, disse.

Os documentos com a denominação antiga continuam valendo indeterminadamente.

*Com informações de Janaina Garcia

Fonte: UOL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog Stats

  • 167.696 hits
%d blogueiros gostam disto: